Secretaria Municipal do Meio Ambiente realiza Blitz Ambiental

Na manhã desta quarta-feira, 05, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), realizou mais uma edição da  blitz ambiental. Dessa vez o local escolhido para ação foi o canteiro próximo à Paróquia São Marcos Evangelista, localizada no Conjunto  Marcos Freire I, onde foi realizado o plantio de cerca de 40 mudas de árvores e plantas medicinais.
O prefeito Padre Inaldo esteve presente na atividade e falou sobre a importância da colaboração dos cidadãos para a boa manutenção dessas áreas. “Essa é uma forma de olharmos para essas áreas verdes de uma forma especial, junto com a parceria da comunidade. Estamos plantando essas mudas pensando no melhor para a nossa população, então é necessário que os cidadãos cuidem bem dessas plantas”, disse.
De acordo com a coordenadora da Semma , Michelle Neo, o envolvimento da população no projeto é de grande relevância. “Esse trabalho de hoje é a resposta da solicitação de uma moradora, que já conhecia o trabalho da educação ambiental e nos procurou para que a equipe realizasse um plantio e a limpeza nessa área. Agora com o trabalho realizado esperamos que a população nos ajude a preservar tudo o que foi feito”, relata.
Uma das moradoras, a senhora Nancy dos Santos, fez o alerta para que a população tenha consciência sobre a não poluição do meio ambiente. “Era triste ver a situação desse canteiro com muito lixo aqui, resolvemos chamar a equipe do meio ambiente e fazer esse trabalho, mas é preciso que a população tenha consciência e jogar lixo no local certo”, alerta.
Outra moradora da comunidade, a senhora Elaine Josa, elogiou a ação promovida pela prefeitura. “Moro aqui desde a infância e nunca vi um trabalho como esse. O prefeito Padre Inaldo está de parabéns por esse excelente iniciativa”, agradece.
Por Wallison Oliveira
Fotos Edilson Menezes

Prefeitura firma parceria com IFS e indústrias locais a fim de promover a qualificação educacional dos socorrenses

O prefeito Padre Inaldo participou na manhã desta quarta-feira, 05, do Fórum de Debate, promovido pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS) entre o IFS, junto com a Associação das Indústrias de Nossa Senhora do Socorro (Assedis). Na oportunidade cerca de 20 indústrias instaladas no município participaram do debate e o principal objetivo do evento foi conhecer as demandas e capacidade das indústrias locais, a fim de estreitar o relacionamento da instituição de ensino com a cadeia produtiva da região.

Durante o debate temas como a necessidade de implementação de cursos profissionalizantes, cursos de graduação e superior, demandados pelas indústrias e necessidades do município, foram discutidas tendo em vista a capacitação dos socorrenses para ingressar no mercado de trabalho.

O prefeito padre Inaldo, salientou a importância do fator motivacional para incentivar os cidadãos a buscar mais conhecimento e qualificação. “Boa parte da população socorrense ainda sofre com problemas sociais e financeiros, devido a baixa renda e com pouca orientação familiar. Por isso temos essa preocupação de promover a qualificação profissional e parabenizamos a iniciativa do IFS de se juntar a nós nessa parceria. Diversos cursos técnicos foram sugeridos pelos membros da Assedis e isso em pouco tempo irá contemplar muitos socorrenses”, afirma o Padre Inaldo.

Agora uma comissão será criada para diagnosticar mais profundamente essas necessidades e acompanhar todo o processo de implementação dos cursos. Na oportunidade foi firmada ainda uma parceria com o IFS e a Gestão Municipal, a fim de promover a visitação dos estudantes da instituição de ensino federal e das escolas municipais às fábricas existentes no município, a exemplo da Yasaki, Serra Azul, Ferrocorte, Altenburg, Escurial, entre outras.

Durante o debate o gestor municipal esteve acompanhado dos secretários de Indústria e Comércio, Carlos Alvares, de Administração (Semad), Bruno Henrique, do Planejamento (Seplan), Hallison Sousa, de Agricultura (Smap), David Fernandes, bem como do diretor geral do IFS, José franco de Azevedo, da gerente de ensino da instituição, Claudia Cardinale, bem como de professores dos campus Socorro, São Cristóvão e Itabaiana.

Acessibilidade