Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) é apresentado aos estudantes da Escola Municipal João Garcez Vieira

Os alunos da Escola Municipal João Garcez Vieira participaram na manhã da última quarta-feira, 27, da primeira aula do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). As atividades foram ministradas pelos policiais Genivaldo dos Santos e Francisco Martin.

Na oportunidade, os policiais entregaram aos alunos do 5° ano uma cartilha e conversaram sobre as ações de combate à violência no espaço escolar. A técnica da Diretoria de Educação, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Nárya Gorete Viana, acompanhou as atividades.

O curso é ministrado por instrutores da Polícia Militar, qualificados como educadores. No final das atividades o aluno tem direito a formatura e certificação.

Proerd

A Polícia Militar de Sergipe (PMS) implantou o Proerd no ano 2000 com o objetivo de promover o bem-estar da sociedade por meio da redução do consumo de drogas e a diminuição dos danos causados pelos entorpecentes.

A iniciativa consiste em realizar esforços cooperativos entre a Polícia Militar, escola e família, visando preparar crianças e adolescentes para fazerem escolhas seguras e responsáveis na autocondução de suas vidas, a partir de um modelo de tomada de decisão.

Por meio de atividades educacionais em sala de aula, o policial militar, devidamente capacitado, fornece aos jovens as estratégias adequadas para tornarem-se bons cidadãos, resistir à oferta de drogas e ao apelo da violência.

Com ações direcionadas a toda comunidade escolar e aos pais/responsáveis, o Proerd também promove a inclusão da família no processo educacional e de prevenção.

Unidades escolares

Em 2005 o Proerd foi introduzido nas escolas da Rede Municipal de Nossa Senhora do Socorro e em 2019 as escolas municipais Neuzice Barreto, localizada no conjunto Piabeta e João Garcez, no Loteamento Santa Cecília, já participam do projeto.

Por: Lívia Lessa

Fiscalização Ambiental do município atua para combater a retirada de água em lagoa

A ação ocorreu na manhã desta quinta-feira, 28, e contou com o apoio da Guarda Municipal de Socorro (GMS), através do Agrupamento de Apoio ao Meio Ambiental (GAMA)

A atuação da Fiscalização Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) de Nossa Senhora do Socorro, em parceria com a unidade do Grupamento de Apoio ao Meio Ambiental (GAMA), coibiu uma ação ilícita de retirada de água da lagoa localizada aos fundos de um estabelecimento comercial, no conjunto Marcos Freire I.

A ação realizada na manhã desta quinta-feira, 28, foi fruto de uma denúncia anônima. “Nós recebemos uma denúncia e então viemos checar as informações que foram passadas. Ao chegar no local nossa equipe se deparou com caminhões pipas retirando água do local. Foi feita a abordagem e o responsável responderá processo administrativo pela ação. Inclusive, quando estávamos realizando os procedimentos, um motorista de caminhão pipa percebeu nossa presença e recuou”, explicou uma das coordenadoras da Fiscalização Ambiental, Luana Gila.

O trabalho que a equipe vem realizando desde o início da gestão do prefeito Padre Inaldo vem se destacando ao longo dos anos por atuar e inibir ações de degradação ao meio ambiente.

Por: Bruna Evelyn

Em clima de descontração, usuários do Caps Janser Carlos participam de festa de carnaval

A folia carnavalesca ocorreu na manhã desta quinta-feira, 28, na própria unidade

A Secretária Municipal de Saúde (SMS) de Nossa Senhora do Socorro continua promovendo a inclusão social, através da realização da comemoração de carnaval, para milhares de usuários dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) do municipais. Prova disso é a realização da folia em todas as unidades do Cras, que nesta quinta-feira, 28, foi oferecida para os usuários do CAPS Janser Carlos, localizado no conjunto Marcos Freire I.

“A princípio nós tínhamos organizado um bloquinho para sairmos às ruas, mas por conta do calor resolvemos ficar por aqui mesmo. Estamos fazendo brincadeiras, trenzinhos, distribuímos picolés e lanches, um momento bem leve para que eles possam descontrair. Isso também é importante para a saúde mental deles porque são pacientes que são sofridos e sofrem preconceitos nas ruas, dentro da família e esse momento é para para que eles tirem todo o estresse”, disse a gerente administrativa do Caps, Yamani Costa.

Devidamente caracterizada a usuária Maria Aparecida revelou que a fantasia foi idealizada pela companheira. “É momento único na vida de todos porque aqui encontramos alegria. Estou feliz por mim e pelos meus colegas. Minha companheira que organizou minha roupa para que pudesse festejar aqui hoje”, declarou.

Quem também fez questão de comparecer à folia foi a Dona Maria Maciana de 65 anos. “É um momento de nos divertimos. Tenho duas filhas, mas cada uma já construiu a sua vida, então todos do Caps tornaram a minha família, um lugar onde todo mundo se entende. Sem contar da atenção que recebemos dos cuidadores e da nossa gerente”, disse.

Por: Bruna Evelyn

Fotos: Edilson Menezes

Curso de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos é iniciado nesta quinta-feira, 28

Na manhã desta quinta-feira, 28, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Controle Interno, deu início ao curso de Gestão e Fiscalização de Contratos Administrativos, voltado para funcionários municipais ligados direta e indiretamente à Secretaria.

O primeiro dia de capacitação teve como palestrante Antônio Augusto Rolim e José Valmir, funcionários de empresa que presta consultoria contábil à Prefeitura. “Muitas vezes estamos desenvolvendo o nosso trabalho na prática, mas teoricamente não tem uma noção geral em legislação se basear para desempenhar o seu papel. A administração pública brasileira tem passado por uma transformação grandiosa e o prefeito Padre Inaldo tem se preocupado em fazer isso e está empenhado em realizar treinamento para os seus colaboradores, a fim de prestar um bom serviço à sociedade”, declarou José Valmir.

Ainda de acordo com José Valmir “as ações do servidor público necessita ser solidária ao gestor municipal porque se o prefeito erra, uma grande participação é do servidor, já que somos nós que temos a obrigação tem sinalizar o caminho correto da gestão e sem preparação isso se torna inviável”.

Presente no curso, Rodrigo Corrêa falou sobre os benefícios que o curso pode trazer para o seu dia a dia. “Na administração pública, é comum em muitas gestões presenciar pessoas não capacitadas para desenvolver determinada função, o que pode colocar em risco até a própria gestão. Sem dúvidas é um curso que vai contribuir no desenvolvimento do trabalho e ainda vai agregar ao meu currículo”, disse Rodrigo.

Por: Bruna Evelyn

Fotos: Edilson Menezes

Carnaval é em Nossa Senhora do Socorro

Confira a programação e venha se divertir com muita paz e alegria!!

A festa irá movimentar a Orlinha do São Braz, Prainha do Porto Grande e os conjuntos Jardim e Parque dos Faróis com marchinhas de frevo, fitDance, apresentações artísticas e culturais, bandas e muito mais.

Você não pode ficar fora dessa!

Acessibilidade