Programa de Qualificação do Servidor realiza workshop sobre sistema de informatização e-Social

O momento aconteceu com o objetivo de tirar dúvidas sobre o sistema

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Administração (Semad), por meio do Programa de Qualificação do Servidor (PQS), realizou uma palestra, na manhã desta quinta-feira, 03, sobre o cronograma de obrigações, tabelas e novas regras de envio do e-Social. A ação foi realizada no auditório da Secretaria Municipal da Saúde do município.

A ação contou com a presença de palestrantes especializados, das empresas parceiras Ágape e Validar, e dos servidores do município.

A analista de sistemas, e uma das palestrantes, Irani de Jesus, falou sobre a importância do sistema. “O e-Social foi criado para facilitar o processo de homologação de arquivos, então nosso objetivo hoje é reforçar a forma como o sistema funciona, desde as instruções mais básicas, até os procedimentos mais complexos”, declarou.

Maria Luzia dos Santos, assistente social e servidora do município, comentou como o momento para tirar dúvidas foi enriquecedor. “Durante a palestra eu aprendi muito sobre esse novo sistema e com certeza isso poupará tempo e facilitará diversos processos que precisamos realizar”, comentou.

Educação Ambiental: Estudantes aprendem sobre sustentabilidade com a horta da EM Aberlado Pereira Melo

Com a implantação da horta na Escola Municipal Abelardo Pereira Melo, unidade de ensino localizada no povoado Calumbi, os alunos demonstram mais interesse pelas aulas e atividades pedagógicas. A iniciativa é fruto de uma parceria entre as Secretarias Municipais de Educação (Semed) e de Agricultura, Irrigação e Pesca (SMAP) e tem como objetivo conscientizar os estudantes acerca da importância da alimentação saudável e permitir a ampliação dos conhecimentos sobre agroecologia e as várias formas de preservação ambiental.

“No primeiro momento, pensamos na horta com o objetivo de orientar os alunos acerca da importância da adoção de uma alimentação saudável. Além disso, por ser adotada uma abordagem interdisciplinar, utilizamos materiais recicláveis e isso possibilita que nossos estudantes ampliem os conhecimentos sobre educação ambiental”, explica a diretora da unidade de ensino, professora Adriana dos Santos. De acordo com ela, os pais também se tornaram mais participativos e presentes no espaço escolar.

Para Fabiana Santos da Silva, estagiária, a partir da implantação da horta os discentes demonstraram mais entusiasmo e interesse pelas atividades pedagógicas. “É notório nossos alunos passaram a valorizar e preservar mais o espaço escolar. Além disso, fortaleceu a relação da escola com a comunidade”, observa.

 

Envolvimento dos alunos

As atividades acontecem nas primeiras horas da manhã e, no turno vespertino, no começo da tarde. Dessa maneira, há o envolvimento de todos os estudantes. São cultivadas na horta mudas de cebolinha, quiabo, coentro, rabanete, abobrinha e girassol.
A aluna do 5° ano, Ingrid Camille Lacerda da Paixão, não esconde a empolgação ao comentar sobre as atividades educativas na unidade de ensino. “Estou aprendendo mais sobre sustentabilidade. Sei que é possível utilizar um repelente natural feito com pimenta e detergente, assim não agride o meio ambiente”, explica.

O estudante João Rycardwson dos Santos, do 4° ano, destaca que compartilha o aprendizado com os amigos e familiares. “Na horta utilizamos material reciclável, nos preocupamos em cuidar do meio ambiente”, diz.

 

 

 

 

Para Simone Santos de Jesus, do 5° ano, é maravilhoso aprender mais sobre agroecologia. “Passei a gostar ainda mais da minha escola depois que começamos as atividades na horta”, revela.

 

 

 

 

Ação articulada entre as secretarias

Nas unidades de ensino que possuem horta os técnicos da Secretaria Municipal Agricultura, Irrigação e Pesca prestam todo o apoio com realização de visitas, orientações e capacitações aos docentes. A Escola Municipal José Ferreira Neto, localizada no Povoado Bita, foi a primeira unidade de ensino da Rede a implantar uma horta que serviu como projeto piloto para as demais escolas.

Confira a galeria:

Acessibilidade