Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo é iniciada em Socorro

Apenas receberão a vacina crianças e adultos que estiverem com as doses atrasadas

Na manhã desta segunda-feira, 07, foi iniciada a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), de todo o município. A campanha de vacinação será realizada até o próximo dia 25 de outubro e tem como objetivo imunizar as crianças de seis meses a cinco anos de idade que estiverem com as doses de rotina atrasadas.

A gerente de Imunização, Maysa Vieira, falou sobre o procedimento. “Para a vacinação será necessário levar o cartão de vacinação para a análise da situação vacinal. Se o agente de saúde constatar que as doses estão atrasadas, a pessoa receberá a vacina.”, declarou.

Em Socorro, as vacinas estarão disponíveis em todas as UBS até o dia 25 para as crianças, mas no dia 19 de outubro, acontecerá o dia “D” de Vacinação, uma grande mobilização será realizada em todo município.

Já no período de 18 a 30 de novembro, será realizada a vacinação de jovens adultos, na faixa etária de 20 a 29 anos que não foram vacinados contra o sarampo e o dia “D” será no dia 30 de novembro.

Aluno da Rede Municipal de Nossa Senhora do Socorro é classificado na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa

O estudante da Escola Municipal Coronel Gentil Daltro teve seu texto selecionado entre os 500 melhores do Brasil. A crônica “As cores do Guajará” foi classificada para participar da etapa regional

O brilho nos olhos não disfarçava a alegria do jovem Aquiles Sharon Jobim, aluno do 9° ano, da Escola Municipal Coronel Gentil Daltro, ao comentar que a sua crônica, intitulada “As cores do Guajará” foi selecionada para a etapa regional da 6ª edição da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa.

“Estou surpreso com o resultado, é gratificante saber que por meio do meu trabalho estou divulgando o Guajará para o Brasil. Além disso, estou muito feliz em representar Sergipe e Nossa Senhora do Socorro em um concurso tão importante”, relatou, ao comentar que na sua produção textual apresentou as belezas e os problemas do Guajará.

Ainda conforme o estudante, o trabalho realizado em sala de aula com o professor, Fábio Silva, foi essencial para a obtenção do bom resultado. “Ser semifinalista no concurso me mostrou o quanto sou capaz e que devo acreditar no meu potencial. O incentivo dos meus colegas também foi fundamental, por isso, é importante ajudarmos um aos outros. Confesso que estou ansioso para saber o resultado final, mas já estou muito feliz em ter ficado entre os 500 melhores”, expôs.

Empenho e dedicação

O professor de língua portuguesa, Fábio Silva, explicou que desde o 6° ano já realiza um trabalho com foco na produção textual na turma de Aquiles. “Todos os alunos participaram das diversas atividades, conforme o cronograma da Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, e contamos com excelentes produções dos discentes da Escola Municipal Coronel Gentil Daltro. É inegável que na Rede Municipal de Ensino de Nossa Senhora do Socorro contamos com professores qualificados e estudantes competentes”, confirmou.

O docente comentou que o tema da Olimpíada, coincidentemente, já é trabalhado e divulgado pelas ações da Secretaria Municipal de Educação (Semed), desde o ano de 2017. “Representar o munícipio com o texto que relata o local o qual ele vive desperta no aluno o sentimento de pertencimento. O resultado de Aquiles reflete como um incentivo e uma inspiração para os colegas, pois independente do resultado final nosso estudante já é um vencedor”, disse.

A crônica foi analisada pelas Comissões Julgadoras Escolar, Municipal e Estadual. Depois de passar por todas essas etapas, o trabalho do estudante foi selecionado como um dos 500 semifinalistas da Olimpíada em todo Brasil. No próximo mês os estudantes e professores semifinalistas participarão de oficinas de escrita.

Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa

A Olimpíada de Língua Portuguesa é um concurso de produção de textos para alunos de escolas públicas de todo o País. Iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e do Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro.

Nesta 6ª edição, o tema das produções é “O lugar onde vivo” o que propicia aos alunos estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local, contribuindo para o desenvolvimento de sua cidadania.

Por Lívia Lessa

Ações executadas nas escolas da Rede Municipal de Ensino são apresentadas aos representantes das organizações sociais

A Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio do Departamento de Gestão Escolar, por intermédio do Serviço de Protagonismo Juvenil, realizou na manhã da última sexta-feira, 04, no auditório do Complexo Pedagógico e Administrativo da Educação, localizado em Nossa Senhora do Socorro, a Reunião com as Organizações da Sociedade Civil. O objetivo do encontro foi estabelecer diálogos com os representantes e apresentar as ações executadas nas unidades de ensino da Rede Municipal de Educação.

Durante o evento, a secretária Municipal de Educação, professora Josevanda Mendonça Franco, destacou que é necessário valorizar as lideranças das escolas e incentivar o protagonismo juvenil. “Reconheço a importância de fortalecer as lideranças. Neste contexto, é preciso aprimorar as técnicas”, afirmou, ao destacar a relevância de momentos de discussões, reflexões e trocas de conhecimentos com os representantes das Organizações Sociais.

O coordenador do Serviço de Protagonismo, Jonathan Hora, destacou que a Semed tem o entendimento que os alunos são protagonistas. “O nosso trabalho é incentivar o protagonismo, estamos prestando orientações para implementação dos grêmios estudantis. Para isso, os próprios alunos estão elegendo os líderes das turmas. É preciso que cada vez as escolas estabeleçam espaços para o diálogo com os alunos”, disse, ao explicar que no primeiro momento essa ação é realizada em oitos escolas dos anos finais do Ensino Fundamental.

Implementação dos grêmios estudantis

O Serviço de Protagonismo, neste primeiro momento, realiza um trabalho para implementação dos grêmios nas seguintes Escolas Municipais: Apulcro Mota, Gentil Dalton, João Teles, Honorina Costa, João Garcez, Neuzice Barreto de Lima e Jose do Padro Franco.

“Para nós, do movimento estudantil, é positiva a criação dos grêmios estudantis. Além de ser um direito assegurado por Lei, a escola é o primeiro espaço para o aluno se reconhecer como sujeito cidadão – tanto de direitos, quanto de deveres -, assim com as responsabilidades os jovens se sentem pertencentes àquele ambiente”, ressaltou a presidente da União Sergipana dos Estudantes Secundários de Sergipe (Uses) Lizandra Dawany.

Segundo o coordenador do Departamento de Arte e Educação da Secretaria Municipal de Educação de Aracaju, Rivaldino Santos, incentivar o protagonismo juvenil é uma forma de promover avanços no cenário educacional. “Quando há o protagonismo juvenil desperta nos estudantes o sentimento de pertencimento e como consequência eles valorizam e cuidam do espaço escolar”, disse.

Encontro

Durante a reunião, Jonathan Hora, explicou que o Serviço de Protagonismo Juvenil tem como objetivo fortalecer a relação da gestão escolar com os estudantes. “Para isso é preciso incentivar a organização, participação democrática e conscientização estudantil dentro e fora das unidades de ensino”, reconheceu.

Para o coordenador da Central de Penas Alternativas, da Secretaria da Justiça, Cláudio Viana, a Semed tem uma visão da sua responsabilidade social. “A Secretaria reconhecer que é eficaz fazer gestão de dentro para fora, ou seja, é fundamental construir o debate e conhecer os anseios dos alunos”, finalizou.

Acessibilidade