1º Corrida e caminhada das Poderosas encerra as atividades da Assistência Social em alusão ao Outubro Rosa

Foi dada a largada na tarde desta quinta-feira, 31, quando aconteceu a 1° Corrida e Caminhada das Poderosas. O evento foi lindo e ao todo 156 mulheres se inscreveram para participar da caminhada que aconteceu na praça do Conjunto Marcos Freire I, onde fica o Cras Professora Maria Luíza Dantas Santos, onde foi realizado o evento. Que teve muita dança, animação, conscientização e claro corrida.

Anna Carolina e Priscila Larry foram as idealizadoras e organizadoras do evento, para elas todo o trabalho foi compensado com o sucesso. “Através do projeto Cras em Ação tivemos a ideia de fazer várias ações durante esse mês em alusão ao Outubro Rosa, e finalizamos com essa Caminhada e Corrida. Eu estou felizona, radiante, se esse ano já bombou, próximo ano vai fazer ainda mais sucesso”, afirmou Carol. Já Priscila ressaltou o suporte que elas receberam para realizar o evento. “Várias secretarias se juntaram e tornaram parceiras para realizar esse evento, a assistência social abraçou nossa ideia e todos juntos fizemos acontecer”.

O principal objetivo era trabalhar a prevenção com as pessoas, assim como funciona o Cras ele trabalha junto com a comunidade, conscientizando e prevenindo, através de conversas, palestras, cursos e muitas ações como a corrida e outros eventos que são realizados.

Para dona Marli Oliveira, o evento teve um gostinho especial, pois a um pouco mais de  um ano ela sofreu um AVC e quando chegou ao Cras estava usando muletas, mas com todos os trabalhos realizados ao longo do ano e neste dia, fez com que dona Marli quisesse participar do evento. Dando um passinho de cada vez ela completou o percurso com sucesso. “Pra mim hoje, foi maravilhoso, foi uma superação na minha vida, meu professor me ajudou muito, ele cuida da gente muito bem, ele é maravilhoso”.

A secretária da Assistência Social, Maria do Carmo, agradeceu a participação e o apoio de todos os envolvidos. “Esse evento vai ficar na história de Socorro. É o primeiro de muitos”. E completou: “Ninguém faz nada sozinho, a união de todos é muito importante e isso existe na assistência e eu me orgulho muito”.

A corrida já terminou com um gostinho de quero mais, para o próximo ano.

Fotos: Marina Santana

Confira a galeria:

Acessibilidade