Prefeitura de Socorro inicia obra de calçamento no Loteamento Cajueiro, na Piabeta

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), iniciou na última segunda-feira, 04, a obra de calçamento da Avenida Canaã, localizada no Loteamento Cajueiro, na Piabeta. Serão aproximadamente 2 mil metros quadrados de calçamento, tendo uma previsão de término em dois meses.

A obra é um sonho sonho antigo dos moradores e dos cidadãos que passam pela via, como é o caso da senhora Maria Claudionora, que há 30 anos reside no local. “Fazer essa obra aqui na rua é um verdadeiro milagre, pois por muitos anos sofremos com a poeira e a lama, e agora sair do papel é um sonho que vai ser tornar realidade. Vou ficar devendo uma promessa”, enfatiza.

O morador José Carlos disse que a obra significa um avanço para a comunidade, que reside no local há 15 anos ” Esse é um progresso que pode trazer muitos outros avanços. Com o calçamento a área será valorizada e quem sabe seja a porta de entrada para outros avanços aqui na região”, opina.

Conselheiros Tutelares eleitos no Processo de Escolha Unificada iniciam capacitação técnica

Os conselheiros tutelares de Nossa Senhora do Socorro que foram aprovados no Processo de Escolha Unificada só irão tomar posse em 2020, mas a preparação para essa nova jornada já começa agora. A partir desta segunda-feira, 05, e durante mais 15 dias, eles irão participar de uma capacitação técnica  voltada a ensinar, atualizar e preparar a todos os eleitos para os próximos quatro anos de trabalho. As aulas estão acontecendo no Instituto Federal de Sergipe (IFS), campus Socorro.

A Secretária Adjunta da Assistência Social, Aída Santana, pontuou a importância dessa capacitação tanto para os novos conselheiros, como para os que já atuam na área. “Essa capacitação é de suma importância, pois vai possibilitar novos conhecimentos e atualizações nas leis e nas normativas. Vai fazer com que o conselheiro tenha mais conhecimento sobre a área que ele vai atuar sabendo, realmente, qual seu papel junto aos direitos e defesa das crianças e dos adolescentes”, declarou.

Jacqueline Luana foi uma das conselheiras eleitas e como estudante ficou muito feliz com o resultado. “Como estudante de Serviço Social juntei o útil ao agradável, a prática com a experiência acadêmica e me deu essa vontade de participar”. Ela ressaltou que todo processo foi muito bom, e que se surpreendeu de forma positiva. “Antes mesmo de tomar posse já tem pessoas me procurando. Pretendo trabalhar e realmente zelar pelos direitos das crianças e adolescentes, fazendo minha parte e contribuindo no que puder”, disse.

Além dos conselheiros tutelares, os suplentes também foram convidados para capacitação, para que os mesmos possam estar preparados. “A informação é importante, como a gente tem uma lei que sempre muda essa troca de trabalho é importante. Tendo uma ideia de como trabalhar, vamos trabalhar para não errar”, afirmou a primeira suplente, Andrea Lima, que atualmente já trabalha como conselheira.

A Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Michelle Marry, afirmou que a capacitação vai ser intensa, de forma que vai preparar bem os conselheiros. “Essa capacitação vai ser fundamental, qualificação nunca é demais e o aprendizado sempre é contínuo, justamente para que eles possam efetivamente aplicar as medidas previstas no ECA e o que compete ao conselheiro tutelar, sempre zelando pelos direitos das crianças e dos adolescentes do município de Socorro”, declarou.

Por: Marina Santana (estagiária)

Acessibilidade