NAT realizará processo seletivo para estágio e Jovem Aprendiz

As seleções acontecerão no Núcleo de Apoio ao Trabalho (NAT), localizado no Conjunto João Alves.

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal do Trabalho (Semtrab), realizará na próxima quarta-feira, 04, a partir das 8h, um processo seletivo para estagiários e para Jovem Aprendiz. Além disso, também será realizada a seleção de operadores de telemarketing, estoquista, atendente de loja, operador de caixa, balconista e auxiliar de produção.

Para realizar o processo de seleção os candidatos devem estar munidos de caneta, azul ou preta, currículo e RG original.

Confira abaixo o perfil das vagas:

Jovem Aprendiz e Estágio

Público: Feminino e Masculino
Horário: 8h
Idade: 14 a 24 anos
Formação: Estudando ensino médio, técnico ou superior

Auxiliar de Produção

Público: Feminino e Masculino
Horário: 8h
Idade: 22 anos
Formação: Ensino médio completo (Não precisa ter experiência na área)

Saúde, cidadania e beleza marcam 9° edição do “Prefeitura de Socorro em Ação”

O mutirão de serviços beneficiou os moradores do Loteamento Guajará

Todo último sábado do mês é marcado por uma verdadeira festa de cidadania em Nossa Senhora do Socorro, onde a Prefeitura, através de suas secretarias escolhe uma comunidade para ser beneficiada pelos mais diversos serviços de saúde, beleza, lazer, meio ambiente, cultura e muito mais. Neste mês de setembro foi a vez dos moradores do Loteamento Guajará receberem os serviços, através do Prefeitura de Socorro em Ação.

Os atendimentos foram realizados na Escola Municipal Professora Josefa de Santana. Na oportunidade foram oferecidos atendimentos como clínico geral, ginecologia, pediatria, exames de lâmina, ultrassonografia, atendimentos odontológicos, cardiologista, testes de glicemia e pressão arterial, assessoria jurídica, oportunidades de qualificação profissional, além de serviços de beleza, atividades recreativas, ações de conscientização ambiental e muito mais.

O prefeito Padre Inaldo acompanhou de perto os trabalhos junto à comunidade e compartilhou a sua alegria em poder proporcionar tais serviços à população. “Esse projeto representa um momento muito especial para às pessoas dessas comunidades, pois e quando trazemos todos os serviços das secretarias para a comunidade deles, aproximando esses serviços daqueles que mais necessitam. Sabemos o quanto essas pessoas são carentes e muitas vezes tem até dificuldade de ir até os locais normais de atendimento durante a semana. Nós queremos é facilitar esse acesso, melhorando a vida de todos”, declarou.

Entre os serviços realizados durante a ação estão atendimentos com profissionais como cabeleireira, manicure, barbeiro, massagens, assessoria jurídica, assessoria contábil, através da parceria com a Igreja Universal e a Universidade Estácio de Sergipe. O evento também contou com a parceria do Governo do Estado, que disponibilizou serviços de emissão de carteira de identidade e a carreta da saúde.

Jackson Pereira, morador da Palestina, aproveitou a manhã de serviços para regularizar a documentação da família. “Eu vim com minha esposa e meu filho para aproveitar essa ótima oportunidade. Nós não temos tempo durante a semana, então a Prefeitura está de parabéns por trazer esses serviços até nós.”, declarou.

Glaúcia Quitéria, moradora do Guajará há muitos anos, também aproveitou a oportunidade da ação para fazer a carteira de identidade. “Eu não consigo ir até o lugar para fazer a minha identidade, por isso que quando soube dessa oportunidade aproveitei. É uma ótima ação para nós que não temos como chegar até os lugares mais distantes para fazer esses serviços.”, comentou.

Cleide Celma, moradora do Guajará há mais de 20 anos, aproveitou todos os serviços de beleza que estavam sendo disponibilizados.”Eu estou me divertindo, resolvendo problemas e ao mesmo tempo ficando bonita.”, Cleide também aproveitou a oportunidade para parabenizar a prefeitura. “É a primeira vez em todos esses anos que moro aqui que vejo esse tipo de ação. Parabéns à Prefeitura por esse serviço maravilhoso que nos disponibilizam.”, declarou.

Confira mais fotos

Prefeitura realiza abertura do 1° Encontro de Cultura Negra de Socorro

Ação tem como tema principal o “Racismo, um preconceito que gera desigualdade”

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semcult), deu início, na manhã desta sexta-feira, 29, ao 1° Encontro de Cultura Negra de Socorro. A solenidade aconteceu na Praça da Cultura “Cantor Rogério”, no Conjunto Marcos Freire I, e contou com a presença de autoridades do município.

Dentro das ações que marcam o mês dedicado a conscientização a respeito da população negra, a Prefeitura de Socorro com o apoio de empresas parceiras promove, nos dias 29 e 30 de novembro, o 1º Encontro de Cultura Negra de Socorro para discutir o tema “Racismo, um preconceito que gera desigualdade”.

O secretário da Cultura, Natan Reis, falou sobre a importância do evento. “Este é um momento de luta, pela tolerância religiosa, pelo respeito à cor, às etnias. Estamos aqui pela manutenção dos direitos, porque o que importa é a essência das pessoas”, comentou.

O Prefeito Padre Inaldo comentou sobre o tema a ser debatido no encontro. “Durante esse encontro poderemos ver um tema tão importante para a sociedade sendo debatido através de uma programação cheia de apresentações e oficinas sobre a cultura negra. Esse é um projeto de valorização à cultura negra, contra o preconceito e a discriminação”, declarou.

A Mãe de Santo, Silvia de Oxumopará, falou da forma como o evento atende toda a sociedade. “O encontro foi feito para todos, a cultura negra é para todos, de qualquer crença, raça e cor. É um evento inclusivo”, declarou.

O evento contará em sua programação, nos dois dias, com oficinas, mesas redondas, feira preta, mostra culinária de terreiro, além de apresentações culturais e shows com o grupo Afro Cultural Afoxé de Odé, Grupo Reggae e a Orquestra de Atabaques de Sergipe.

Já no período da tarde foi realizadas diversas oficinas, a exemplo de percussão e turbantes. Logo em seguida foi iniciada uma roda de conversa que teve como tema “a mulher negra com a palavra”.

Por: Janaína Costa (Estagiária)

Fotos: Douglas Oliveira

Confira mais fotos

Projeto Ilé-Iwé: Atividades pedagógicas da Rede Municipal são apresentadas ao Ministério Público de Sergipe

Educação para as Relações Étnico-Raciais é uma realidade na Rede Municipal de Ensino de Nossa Senhora do Socorro

O quinto momento do Projeto Ilé-Iwé Formação Continuada para as Relações Étnico-Raciais contou com apresentação das ações pedagógicas realizadas nas escolas municipais de Nossa Senhora do Socorro. O evento foi realizado na manhã desta sexta-feira, 29, no auditório do Ministério Público de Sergipe (MP/SE) e os alunos socorrenses, professores e técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semed) assistiram às palestras sobre as ações que fomentam o ensino e a valorização da história cultura afro-brasileira nas Rede Municipais e Estadual de Ensino.

Na ocasião, a assessora especial, professora Sandra Baldin, representou a secretária Municipal de Educação, professora Josevanda Mendonça Franco. Durante as apresentações das ações da Semed, a coordenadora da Divisão de Projetos de Educação Integral, Naira Goret, destacou que a Educação para as Relações Étnico-Raciais é uma realidade nas escolas da Rede Municipal de Ensino de Nossa Senhora do Socorro.

“As escolas promoveram diversas atividades pedagógicas. É imprescindível salientar que nossos alunos se envolveram em todos os trabalhos, assim efetivando o processo de ensino e aprendizagem. Além disso, com a realização dessas ações, a Semed cumpre com o que é determinado por Lei, no tocante ao ensino dos temas relacionados à cultura africana”, frisou ao explicar que a Lei 11.645/08, torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio.

Após a apresentação das atividades pedagógicas, o diretor da Coordenadoria da Promoção de Igualdade Étnico-Racial do MP/SE, doutor Luís Fausto Valois, destacou o empenho da secretária, professora Josevanda Mendonça Franco, e elogiou as ações implementas nas escolas da Rede Municipal de Nossa Senhora do Socorro. “A Semed prestou todo apoio para a realização deste evento. Agradeço também ao prefeito, Padre Inaldo, tenho a certeza que ele abraçou esta iniciativa”, disse.

A professora de geografia da Escola Municipal Professora Neuzice Barreto de Lima, Maria do Carmo, apresentou o projeto realizado na unidade de ensino “Trilhas dos Quilombos”, que gerou um livreto com fotos e textos dos alunos. “Os estudantes estiveram em vários quilombos e conheceram a os aspectos da cultura afro-brasileira”, declarou, ao comentar que o apoio da Semed foi primordial para o sucesso da iniciativa.

A jovem Erika Aparecida da Rocha Santos, estudante do 8° ano da Escola Municipal José do Prado Franco, elogiou a organização do evento. “Na minha escola realizamos o projeto intitulado Valorização da Cultura Afro com Arte e Preconceito e foi maravilhoso. Hoje, participar desta iniciativa é mais uma oportunidade para ampliar os conhecimentos e refletir acerca do racismo em nossa sociedade”, expôs.

Projeto Ilé-Iwé Formação Continuada para as Relações Étnico-Raciais

O Projeto Ilé-Iwé Formação Continuada para as Relações Étnico-Raciais – quinto momento – é uma ação do Ministério Público de Sergipe realizado por meio da Coordenadoria de Igualdade Étnico-Racial (COPIER) e em parceria com as Secretarias Municipais de Educação de Aracaju, Nossa Senhora do Socorro e São Cristóvão; além da Secretaria de Estado da Educação e do Núcleo de Estudos e Pesquisas Afro-brasileiros e Indígenas da Universidade Federal de Sergipe (NEABI/UFS).

Por Lívia Lessa

Confira mais fotos

Acessibilidade