Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro promove Blitz da Prevenção em alusão ao Maio Amarelo

Através da ação conjunta entre as Secretarias Municipais de Transportes e Trânsito (SMTT), Saúde (SMS), Meio Ambiente (Semma) e Assistência Social (Semas), além da Guarda Municipal, Polícia Militar e as Cooperativas de Transporte Urbano, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro realizou na manhã desta segunda-feira, 18, a primeira Blitz da Prevenção, em alusão às ações de conscientização promovidas pelo Maio Amarelo, mês que marca os trabalhos de educação sobre os riscos de acidentes e mortes no trânsito.

Nesta edição o combate ao coronavírus (Covid-19), também entrou em pauta e os motoristas que entraram em Socorro pelo conjunto João Alves, passaram por um controle de temperatura, feito com o novo termômetro digital infravermelho, e ainda, receberam informações de como se previnir, além de receberem álcool em gel, máscaras de proteção e adesivos de conscientização.

Mesmo com o decreto que obriga o uso de máscara dentro dos veículos, alguns motoristas e passageiros ainda circulam sem o uso da proteção. O Secretário de Saúde, Enock Ribeiro, ressalta a necessidade de seguir as recomendações. “Estamos fazendo todos os esforços para conter o avanço do vírus em nosso município, mas sem a ajuda da população tudo fica ainda mais difícil. Portanto pedimos que todos colaborem e usem sua máscara e só saiam de casa em caso de uma necessidade essencial” pontua o secretário.

O Agente de Trânsito, Helder Teles, explicou sobre o  descumprimento do uso de máscaras observado nessa ação. “Estamos em fase de instrução e conscientização para maior segurança dos motoristas e passageiros, por enquanto os motoristas não estão sendo autuados” conta.

Além do conjunto João Alves, a Blitz da Prevenção vai percorrer demais localidades do município. “Levaremos essa ação para outros pontos aqui de Socorro, como o Terminal de Integração do conjunto Marcos Freire II, Final de linha dos conjuntos Jardim e Parque dos Faróis e também nas feiras livres”, explica o superintendente da SMTT, Bruno Rezende.

Por: Lucas

Fotos: Neandes Rafael

Prefeitura de Socorro adota uso de aplicativo de assistência e denúncias de violência

O aplicativo foi criado pelo Governo Federal para auxiliar a população a denunciar os casos de violência doméstica em tempos de pandemia

Sabemos que nos tempos difíceis que estamos vivendo, em meio à pandemia do novo Coronavírus, é necessário que fiquemos em casa o máximo possível. Mas nem sempre a convivência em casa é tranquila é segura, por isso, o Governo Federal criou o aplicativo “Direitos Humanos Brasil”. O aplicativo serve como auxílio à população para a realização de denúncias de, por exemplo, violência doméstica, abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes e violência contra o idoso.

O aplicativo “Direitos Humanos Brasil” foi lançado durante a pandemia para facilitar o acesso da população aos serviços do Disque 100 e 180. O aplicativo funciona através de um cadastro onde a denúncia é feita de forma anônima, sem qualquer tipo de identificação, e possui a opção de anexar fotos e vídeos. O aplicativo pode ser usado não apenas pela vítima, mas também por um vizinho ou alguém próximo. Por isso, é importante manter-se atento a sua vizinhança. Qualquer tipo de violação aos direitos humanos será recebido e atendido.

Após a denúncia ser feita, a segurança pública fará o encaminhamento da vítima, em Socorro será através do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV), e em seguida para os serviços de proteção, ou seja, para o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS). Nossa Senhora do Socorro possui dois CREAS que são referência no estado, um no Marcos Freire e outro no Parque dos Faróis, onde todos os auxílios à vítima serão realizados com acompanhamento psicossocial, assessoria jurídica e com articulação com os serviços de saúde para o atendimento clínico.

Para baixar o aplicativo basta acessar esses links:

  • Sistema Android –

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.direitoshumanosbrasil

  • Sistema IOS –

https://apps.apple.com/br/app/direitos-humanos-brasil/id1505861506

Parceria entre a Prefeitura e assentamento de Malhador garante doação de ramas de batata doce para produtores socorrenses

Iniciativa visa fortalecer a agricultura familiar e diversificar o cultivo de alimentos em Nossa Senhora do Socorro

Os técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura, Irrigação e Pesca (SMAP), estiveram na última sexta-feira, 15, no Assentamento Dandara, localizado na cidade de Malhador, a fim de coletar ramas de batata doce doadas á Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da parceria firmada.

De acordo com o secretário de Agricultura, David Lopes, foram coletadas ramas da batata doce, branca e vermelha Italiana, que são os tipos mais comercializados em Sergipe e com maior produção em menor espaço de tempo.

“Nosso intuito é distribuir essas ramas com os produtores para incentivar a produção desse alimento em Nossa Senhora do Socorro, dessa forma estamos buscando o fortalecimento da agricultura familiar e diversificando a produção alimentar em nosso município, além de resgatar a cultura dessa raiz, que está um pouco esquecida em nossa cidade”, afirmou David.

Essa já é a segunda ação do tipo realizada graças à parceria, que atualmente beneficia mais de 15 famílias de produtores. “Além da doação das ramas, a Prefeitura, através da SMAP, oferece também o preparo do solo para auxiliar os pequenos produtores. Já as ramas são captadas de forma gratuita, sem nenhum custo para o município, graças a doação desse assentamento que e nosso parceiro”, complementa o secretário de Agricultura, David Lopes.

Acessibilidade