Tomando todas as medidas necessárias, Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, a Secretaria Municipal da Assistência Social (SMAS), juntamente com a Defesa Civil, realizou na manhã desta segunda-feira, 29, uma visita à casa de uma família, residente no Conjunto Piabeta, que necessitava de ajuda. As redes sociais realizaram uma verdadeira corrente do bem, que chegou até a assistência do nosso município, e esta assim que tomou conhecimento da situação em que a família vivia, tomou providências para solucionar o caso e oferecer mais dignidade a esses cidadãos.

Assistentes sociais foram encaminhadas ao local, onde ouviram, orientaram e encaminham a família para o acompanhamento, através do CRAS, onde foi concedido o auxílio moradia, já que segundo a Defesa Civil a casa se encontra em situação inabitável. “Pelo que foi verificado, infelizmente, a casa não tem condições de moradia. Os problemas são inúmeros, que vão desde alagamentos quando chove, problemas com esgoto, paredes rachadas e telhado caindo”, explica o sub-coordenador da defesa civil, Emerson Morais.

A diretora do departamento de assistência social, Fátima Leite, falou sobre a importância do trabalho da assistência em casos como esses. “Através da Assistência nós conseguimos fazer esse trabalho, vendo aquilo que a pessoa necessita e encaminhando ela da melhor forma possível. No caso dessa família, além do auxílio moradia, a família vai receber o auxílio colchão e o auxílio da cesta básica, já que a quantidade de moradores da casa é grande”, afirmou ela.

Dona Val, não esperava receber tanta ajuda e chegou a se emocionar ao agradecer as pessoas. “Estou recebendo o maior apoio, graças a secretária. Eu agradeço a Deus pela vida de cada pessoa que está me ajudando”, declarou. Um trabalho em conjunto, da assistência social junto com os moradores de socorro que ajudaram a família, mostra que mesmo em épocas de pandemia as pessoas não esqueceram de ajudar o próximo.

Texto e fotos: Marina Santana

Acessibilidade