Comerciantes e consumidores precisarão respeitar medidas de segurança nesses espaços, a fim de evitar o contágio pelo Covid-19

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, autorizou na última segunda-feira, 30, a reabertura das feiras livres do município, através do Decreto Municipal N° 19.935. A medida foi adotada a fim de fazer com que as famílias socorrenses tenham onde realizar suas compras, além de garantir renda para os comerciantes informais que retiram seu sustento das feiras.

Na manhã desta quarta-feira, 01, equipes de limpeza, coordenadas pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Sesurb), estiveram na feira do conjunto Marcos Freire II, onde a desinfecção do solo e das bancas foi realizada, com o objetivo de evitar a contaminação pelo Coronavírus (Covid-19). “Estamos atendendo uma solicitação do prefeito Padre Inaldo, que autorizou a reabertura das feiras e exigiu que todas as medidas de segurança fossem adotadas para garantir a saúde dos comerciantes e feirantes”, destaca o secretário da Sesurb, Antônio Paiva.

Uma das medidas para reabertura da feira foi a padronização da distância entre as barracas, que deverão estar localizadas a pelo menos dois metros de distância entre elas. Essa medição e organização foi realizada através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio dos técnicos da Vigilância Sanitária (Visam), com apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). “Manter o distanciamento entre as pessoas é vital nesse período em que queremos evitar ao máximo a contaminação. Viemos pela manhã organizar o espaço e durante todo o dia, até o encerramento da feira, estaremos fiscalizando o cumprimento das determinações previstas no decreto”, garante a coordenadora da Visam, Caroline Moura.

Outra determinação é que os feirantes disponibilizem para os clientes o álcool em gel 70%, um importante aliado na luta contra o Covid-19. “Os fiscais de feira estarão durante todo o dia atentos a esses detalhes e notificando aqueles que por ventura descumprirem o que está determinado. Sabemos o quanto eles precisam da feira para garantir o sustento das suas famílias, e da importância de evitar a proliferação dessa doença, trabalharemos para que todos sejam beneficiados”, garante o coordenador das feiras livres, Rinaldo Tavares.

A Guarda Municipal de Socorro (GMS) também está focada em garantir a segurança de todos. “Nossas equipes já atuam rotineiramente nas feiras do município, mas dessa vez intensificaremos ainda mais o nosso trabalho, para que todos possam realizar suas compras com tranquilidade e segurança”, garante o comandante da GMS, Evilásio Protásio.

E quem muito comemorou a reabertura das feiras livres foi a comerciante, Amanda dos Santos, que há 17 anos retira da venda de legumes e verduras o sustento da sua família. “O prefeito está de parabéns por fazer a feira voltar a funcionar. Nós precisamos trabalhar, porque se não a gente sofre, sem dinheiro para pagar as nossas contas, e as outras pessoas também, porque não vão ter onde comprar o seu alimento. Vamos seguir todas as normas de segurança para que essa doença logo vá embora”, afirma.

Sentimento partilhado pela também comerciante, Silvia Criatina, que vende vísceras. “Reabrir as feiras foi a melhor decisão que o prefeito poderia tomar. Ele está de parabéns! Tudo foi higienizado e limpo para que ninguém se contamine e nós vamos poder vender nossos produtos e garantir o nosso sustento. Estou muito satisfeita”, declara.

Por: Gabriele Frades

Fotos: Sérgio Almeida

Confira a galeria de fotos:

Acessibilidade