Os representantes das Secretarias de Nossa Senhora do Socorro são responsáveis por garantir políticas públicas para assegurar as condições adequadas de moradia dos beneficiários

Representantes das Secretarias de Nossa Senhora do Socorro, que compõem o Grupo Institucional do Poder Público (GIPP) das mil unidades habitacionais que estão sendo construídas no município, através do Programa “Minha Casa, Minha Vida”, do Governo Federal, realizaram na manhã desta quinta-feira, 07, mais uma reunião para a tratativa dos trabalhos sociais que serão desenvolvidos em benefício dos futuros moradores e do desenvolvimento local.

Com o objetivo de promover a articulação e integração entre políticas públicas para assegurar as condições adequadas de moradia, incluindo habitação, geração de trabalho e renda, educação, saúde, assistência social, transporte e segurança pública dos beneficiários, o grupo se reuniu na sala de reunião do gabinete do prefeito Padre Inaldo.

O Grupo segue as normativas impostas na portaria Nº 464, de 25 de Julho de 2018, que dispõe sobre o trabalho social nos programas e ações do Ministério das Cidades. “A portaria designa esse grupo justamente para garantir que todos os novos beneficiários das casas tenham acesso às políticas públicas, assim as Secretarias poderão se organizar, a fim de garantir que esses serviços cheguem a esse público. Ou seja, é o momento de fazer um planejamento a curto e longo prazo, além de visualizar quais serão os equipamentos que serão utilizados em prol dos moradores”, explicou a assistente de Projeto Social da Caixa Econômica Federal, Franciele Gazla.

Presente na reunião, a secretária adjunta da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), Aída Almeida, explica que o empreendimento exige do município a garantia ao acesso dos serviços prestados pela Prefeitura de Socorro. “Já faz parte do empreendimento a articulação com todas as Secretarias para que, de fato, as famílias sejam acolhidas no ambiente que irão residir, então existe essa preocupação da execução do trabalho social. Além de cumprir os requisitos que foram estabelecidos pelo programa, existe a preocupação em acolher esses moradores, que já são moradores do município, mas que irão residir num único local”, esclareceu.

As inscrições para participar do sorteio das mil casas podem ser feitas até o dia 15 de fevereiro, através do site: www.nossacasasocorro.com.br

Acessibilidade