Força-tarefa: Prefeitura de Socorro e Polícia Militar irão intensificar o cumprimento das medidas de isolamento

Com o objetivo de resguadar a segurança e a saúde da população Socorrense, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, irá oferecer suporte à Polícia Militar (PM), na realização das ações de conscientização e fiscalização realizadas no município visando garantir o cumprimento dos Decretos Estaduais de Combate ao novo Coronavírus (Covid-19).

Uma força tarefa conjunta foi formada na manhã desta terça-feira, 12, após uma reunião entre o prefeito Padre Inaldo e o Major Jorge Cirilo, do 5º Batalhão de Polícia Militar de Sergipe, com o objetivo de evitar as aglomerações de pessoas no município, em especial nos conjuntos João Alves, Parque dos Faróis, Jardim e Marcos Freire II, áreas onde tais ocorrências são mais constantes.

Para garantir o cumprimento das medidas de segurança impostas pelo Governo do Estado, o prefeito colocou a disposição da PM servidores da Guarda Municipal (GM) e também da Defesa Civil. “Mesmo diante do aumento de casos de coronavírus no município, a população parece ainda não ter se atentado à importância de permanecer em casa. Agora, com o apoio da Polícia Militar, vamos intensificar ainda mais o trabalho de orientação e conscientização da população”, garantiu Inaldo.

O major Jorge Cirilo, falou sobre a escolha das áreas que receberão maior atenção. “Será um trabalho consecutivo, que irá durar até o fim dessa pandemia. O nosso maior objetivo é buscar a conscientização da população e dos comerciantes, principalmente aqueles lojistas que insistem em abrir o comércio, mesmo sendo proibidos pelo decreto estadual”, explica o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar de Sergipe.

A ação já será colocada em prática amanhã, dia 13, iniciando pelo Conjunto João Alves Filho. Segundo o Major Jorge, o trabalho será realizado durante todo o dia, inclusive à noite. “A força-tarefa não terá apenas um dia de atuação em cada conjunto. Vamos trabalhar de forma contínua, até que a população perceba e entenda que estamos tratando da saúde social e de preservação de vidas”, disse o Major.

Padre Inaldo assina ordem de serviço autorizando construção de hospital de campanha

Montagem da estrutura começará a ser realizada na próxima quinta-feira, 14

Reforçando a luta de combate ao Coronavírus no município, a Prefeitura de Socorro anunciou na manhã desta segunda-feira, 11, a liberação da ordem de serviço para início das obras de montagem do Hospital de Campanha de Nossa Senhora do Socorro, que será montado na Arena Siri, localizada no conjunto João Alves Filho. O hospital que contará com 50 leitos, sendo dois de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), funcionará com o sistema “porta aberta”, para atender pacientes com síndromes respiratórias e possíveis sintomas do Covid-19.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Enock Ribeiro, a previsão é que os atendimentos comecem a ser realizados no local em junho. “Pedimos a empresa celeridade na montagem do hospital, para que possamos inaugurá-lo no início de junho. Esse será um hospital de médio porte para atendimento de média complexidade, ou seja, para atender quadros clínicos que necessitem de internamento ou de um direcionamento e uma avaliação para possível transferência ou mesmo ser mantido lá. Com certeza o hospital de campanha chega para ajudar e muito no enfrentamento ao Coronavírus”, destacou.

Secretaria de Educação de Socorro participa de ação que distribuirá mais de 400 mil máscaras à população em situação de vulnerabilidade

As instalações do projeto “Arte na Escola”, espaço que normalmente abriga aulas de balé clássico, desenvolvidas pela Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Educação (Semed), está acolhendo uma nova atividade que tem como objetivo enfrentar a pandemia do novo Coronavírus. No local, uma equipe de 20 jovens, alunos da rede municipal – maiores de 18 anos- , estão higienizando e embalando máscaras confeccionadas por costureiras do Complexo Industrial Gov. Marcelo Déda, situado na cidade de Tobias Barreto. Todo processo segue as normas orientadas pelas autoridades de saúde.

A equipe é composta por dois grupos: 5 integrantes realizam as atividades de higienização e 15 fazem as tarefas de passar as máscaras com ferro e embalar cada item cuidadosamente. A produção tem sido de aproximadamente 10 mil máscaras embaladas diariamente, que estarão disponibilizadas para distribuição. A coordenadora do projeto, Anúbia Tavares, falou um pouco sobre a iniciativa. “Os participantes estão muito envolvidos com o trabalho e se sentem motivados por saberem que o resultado dele é  a distribuição do material para pessoas que precisam”.

Emilly Dias, estudante que realiza tarefas de embalagem do material, diz que a experiência está sendo maravilhosa. “Além de ser meu primeiro emprego e, com ele, estou conseguindo ajudar a minha família, sei que o que a gente está fazendo aqui vai ser entregue a muitas pessoas que não tem condições de comprar máscaras e proteger vidas”.  Rutiele Silva, que participa do projeto dando aulas de balé, é uma das responsáveis pela higienização do material. Ela diz que esta é mais uma experiência de crescimento humano que o projeto proporciona. “O projeto ‘Arte na Escola’ mudou minha vida; de quando eu cheguei até agora, eu sou outra pessoa. E sinto que continuo mudando, eu nunca imaginei estar fazendo esse trabalho que vai ajudar muita gente. Agradeço por poder estar aqui”, disse.

O prefeito Padre Inaldo, visitou o local junto com a secretária de Educação, Josevanda Franco, e receberam, do Banese, a doação de 600 unidades para serem entregues à população do município. “Estou muito feliz em poder realizar esta parceria com o Banese e o Governo do Estado e ver a juventude socorrense envolvida com um trabalho que vai beneficiar mais de 400 mil pessoas”, comemorou. E acrescentou: “O uso de máscaras, em ambientes públicos, é vital para que possamos frear a proliferação dessa doença. O nosso grande projeto de combate ao vírus é ficar em casa e evitar a contaminação, mas sabemos que muita gente não pode se manter em isolamento, por isso a doação de máscaras e tão importante. Quem puder, fique em casa!”, disse.

Segundo a secretária de Educação Josevanda Franco, esta experiência, nos permite atuar além das atribuições de educar e ensinar. “Neste momento crítico vivido atualmente, estamos avançando em um trabalho que, envolve nossos jovens gerando oportunidade de trabalho e, ao mesmo tempo, envolvendo-os com uma ação de responsabilidade social. A gestão municipal tem se mostrado sensível às demandas dos socorrenses e, desta forma, através deste projeto, contribuirmos com a população de outros municípios sergipanos”.

O diretor superintendente do Instituto Banese, Ézio Déda, destaca a importância da parceria da gestão municipal para o sucesso da iniciativa. “O apoio de instituições parceiras, nessa ação do Grupo Banese, em combate ao coronavírus no nosso Estado, é fundamental. E a Secretaria Municipal de Educação de Nossa Senhora do Socorro entra em uma etapa muito importante da produção das mais de 400 mil máscaras que estão sendo doadas. Oferece espaço e mão de obra para o processo de higienização e embalagem. É um apoio que reitera o compromisso social para que a população sergipana receba esse equipamento de proteção pronto para o uso. Só temos que agradecer”.

Distribuição das máscaras

Já foram distribuídas mais de 26 mil unidades possibilitando que pessoas em situação de vulnerabilidade social possam usar esta medida de proteção. A Secretaria de Estado da Saúde recebeu 20 mil unidades. O Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) recebeu 15 mil, para doar para os acompanhantes de seus pacientes. As outras 5 mil foram doadas para a Associação Sergipana de Pessoas com Doenças Raras (ASPDR) entregar a seus associados e beneficiários.

A Secretaria de Estado da Inclusão e Assistência Social recebeu mais de 5 mil que foram entregues aos usuários do Restaurante Popular Padre Pedro que foram também instruídos sobre como usar e higienizar adequadamente a proteção. E o grupo volutário U.T.Riso recebeu 1.400 para realizarem a distribuição com familiares do setor de Oncologia do HUSE.

Esta ação de responsabilidade social do Banese, de suas empresas coligadas e do Instituto Banese é um trabalho muito significativo, a fim de enfrentar a pandemia do Coronavírus. Esta é uma das várias ações importantes, dentre outras ações que a instituição está realizando neste momento de crise.  A prefeitura de Socorro, através da Secretaria Municipal de Educação, está honrada com a parceira de contribuir para, neste momento de crise, beneficiar a população sergipana.

Com a Pandemia, Prefeitura chega a entregar cerca de 500 cestas básicas diárias para população

Medida foi adotada pela prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, a fim de minimizar os efeitos do isolamento social para as famílias em situação de vulnerabilidade social

Todos os dias os servidores da Secretaria Municipal da Assistência Social (Smas), deixam sua casas para trabalhar em benefício dos cidadãos socorrenses. Através do trabalho desenvolvido por eles nos mais diversos setores, em especial na entrega do auxílio das cestas básicas. O trabalho está se intensificando cada vez mais e os telefones não param de tocar. Todos os dias são várias solicitações de cestas básicas que vêm de todos os bairros, conjuntos e povoados do nosso município.

E quem destaca esse crescimento é Giselle, coordenadora do CRAS Zilda Arns, localizado no conjunto João Alves. “Chega a ser impossível dizer quantas vezes o telefone toca e quantas ligações a gente atende, é uma ligação atrás da outra, mas temos nos dedicado ao máximo, a pedido do prefeito Padre Inaldo e da Secretaria Municipal de Assistência, Maria do Carmo, para atender o maior número de pessoas possível”, garante.

No começo do isolamento social, no mês de março eram entregues cerca de 100 cestas mensalmente. Com o passar dos dias esse número aumentou para 200 cestas por dia e alguns dias já chegaram a 500 cestas. Para conseguir atender toda essa demanda, várias mudanças precisaram ser realizadas. “Tivemos que remanejar alguns servidores de outros setores e eles têm nos ajudado com a realização do trabalho da entrega de cestas. Contudo o que nos motiva é que, muito mais que números, nós estamos trabalhando para beneficiar milhares de famílias, garantindo a cada uma delas condições de manter suas necessidades básicas, mesmo durante a pandemia”, comemora Giselle.

Atenção aos trabalhadores

Além das famílias em situação de vulnerabilidade social, já atendidas rotineiramente pela SMAS, algumas categorias de trabalhadores do município também foram beneficiadas com a doação de cestas básicas, vez que precisaram deixar de realizar suas atividades de trabalho em virtude das medidas de segurança é isolamento social, provocadas pela Pandemia do novo Coronavírus. Entre eles, estão motoboys, motoristas de transporte escolar, músicos, taxistas, ambulantes, carroceiros, entre outros.

Antes de começar o trabalho, todos os motoristas recebem um kit com máscara descartável e luva e em todos os carros tem álcool em gel 70% que é o indicado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A secretaria da Assistência Social, Maria do Carmo, também disponibilizou máscaras de tecido para os funcionários que ficam nos equipamentos, assim todos mantêm as medidas de proteção da saúde e exerce sua função da melhor forma e com toda a segurança necessária.

A coordenadora da Tenda Cultural, Ana Paula, mudou a sua função e agora faz parte da equipe que entrega as cestas, “Durante o isolamento social a convite da secretária Carminha, saí da Tenda Cultural e passei a integrar a equipe que está nas ruas entregando cestas básicas. Esse é um trabalho árduo, mas gratificante, pois sabemos o quanto o usuário precisa da cesta básica”, afirmou ela que ainda enfatizou que ainda não está 100% acostumada com o uso das máscaras. “É uma realidade nova, mas totalmente necessária”, completou.

O serviço de convivência e fortalecimentos de vínculos, é um dos serviços que tiveram que parar suas atividades, mas mesmo longe os usuários estão mantendo contato com os oficineiros e coordenadores através das redes sociais. “Continuo no contato com meus beneficiários da Tenda nos grupos de WhatsApp dos diversos grupos de idosos, com os pais das crianças e adolescentes. Vamos continuar nosso trabalho, não está sendo fácil, mas as pessoas precisam que a gente continue trabalhando. Tudo isso para que possamos continuar trabalhando em benefício dos socorrenses, para mantê-los em casa e seguros”, disse a secretária da Assistência Social, Maria do Carmo.

Parceria entre IFS e Prefeitura de Socorro garante doação de 150 litros de produtos de limpeza para a SMTT do município

Foram doados 50 litros de sabonete líquido e 100 litros água sanitária

Em parceria com o Instituto Federal de Sergipe (IFS), a Prefeitura de Nossa senhora do Socorro, recebeu, na manhã desta sexta-feira, 08, 150 litros de produtos de limpeza que serão destinados à Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) de Socorro. Os produtos são destinados ao combate do novo Coronavírus (Covid-19).

O Superintendente de Trânsito do Socorro, Bruno Henrique, falou sobre a parceria entre a instituição e a Prefeitura. “Hoje nós recebemos 150 litros de produtos de limpeza que serão destinados à SMTT. Foram doados 50 litros de sabonete líquido e 100 litros de água sanitária, através desta parceria que se mostrou ainda mais forte durante esses tempos difíceis”, comentou.

O agente de trânsito, Daniel Lessa, agradeceu pela doação. “Agradeço, em nome de todos os agentes, à Prefeitura e ao IFS pela doação dos materiais de limpeza e de segurança. Essas ações garantem que possamos continuar com nosso trabalho sem colocar em risco o nosso pessoal e a população”, declarou.

José Franco de Azevedo, diretor do IFS, falou de futuras ações em parceria com a Prefeitura. “Para nós é uma grande satisfação poder contribuir junto à Prefeitura nesse momento tão difícil. Então o IFS, através de seus projetos, está produzindo produtos de limpeza para servir à população durante a Pandemia do Coronavírus, entre estes estão álcool gel 70°, sabonete líquido e água sanitária”, declarou.

Por: Janaína Costa

Imagens: Fátima Silva

Combate ao Coronavírus: Prefeitura recebe dezenas de máscaras de proteção para uso dos servidores da saúde

A doação foi realizada pela SergipeTec, na tarde desta quarta-feira

O prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, esteve, nesta quarta-feira, 06, no Parque Tecnológico de Sergipe (SergipeTec), onde recebeu dezenas de máscaras de proteção em 3D, que serão utilizadas pelos profissionais da saúde do município.

Incessantemente, o prefeito tem buscado formas de proteger os servidores e a população socorrense contra o Coronavírus e, por isso, tem buscado parceiros para se somar e ajudar no enfrentamento ao Covid-19.

“Estamos trabalhando dia e noite para cuidar da nossa população. Hoje fomos agraciados com novas máscaras para nossos servidores da saúde. Essa proteção é muito importante para eles que estão à frente de tudo isso. A forma que temos de nos colocar à disposição deles e da comunidade é cuidando de cada um. Agradeço de coração a SergipeTec pela doação”, ressaltou Padre Inaldo.

Para o presidente da SergipeTec, Brenno Barreto, essa doação é uma forma de ajudar o município no combate ao Covid-19. “Em sinal da nossa sensibilidade frente à Pandemia, a qual nos encontramos, fizemos a entrega desses equipamentos de proteção para que os profissionais da saúde de Socorro possam minimizar o contágio”, afirmou.

Por: Isadora Pinho

Fotos: Fátima Silva

Padre Inaldo convoca reunião para solucionar aglomeração em frente à Caixa do Conjunto João Alves

Diante do crescimento de casos do novo Coronavírus no município e o surgimento de óbitos em decorrência da doença, com o objetivo de solucionar o problema da aglomeração de pessoas em frente à agência da Caixa Econômica Federal, localizada no Conjunto João Alves, o prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo, convocou uma reunião com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), a Guarda Municipal (GM), a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) e a gerência do banco, para que fossem discutidas e apontadas soluções para a questão.

Esta, que é a única agência da Caixa em Socorro, atende em média 400 pessoas por dia, que têm superlotado as calçadas, principalmente para retirada de dúvidas e solicitação de benefícios como o auxílio emergencial, do Governo Federal, e o Bolsa Família.

Como solução imediata, foi recomendado que a multidão seja orientada pela SMTT e a GM a se organizar no canteiro central da avenida, onde haverá um esquema de contenção e marcações para que os clientes respeitem o distanciamento. Além disso, haverá a cobrança do respeito à determinação do uso de máscaras, para evitar o contágio do Covid-19. Já a SMAS oferecerá o serviço de tira-dúvidas nas filas com relação principalmente ao Bolsa Família, a fim de evitar a permanência desnecessária de pessoas no local.

Entendendo a urgência da questão, Padre Inaldo chamou a atenção para a importância da atuação ostensiva e efetiva dos órgãos municipais neste momento de pandemia. “Quero pedir a todos que continuem incansáveis na realização deste trabalho. Este é um momento crítico do Coronavírus, onde precisamos trabalhar com inteligência para tentar conter o aumento de casos”, enfatizou.

Além da parceria entre a SMTT, GM e Caixa para a atuação no Conjunto João Alves, Padre Inaldo se comprometeu a entrar em contato com o Ministério Público para que seja liberada a área de autoatendimento do banco no Shopping Prêmio, que permanece fechado por decreto municipal. “A intenção é utilizar apenas esta área da Caixa, com o objetivo de diminuir o número de pessoas em mais ou menos 40% na agência do João Alves”, explicou.

A gerência do banco também se comprometeu a destinar funcionários para acompanhar a população nesta área. A solicitação será encaminhada ao MP, e a execução do plano entrará em vigor assim que a mesma for aprovada.

Em parceria com a UFS, Prefeitura realiza mais de 400 testes rápidos para detecção do Coronavírus

A ação aconteceu nesta terça-feira, 05, no Conjunto João Alves

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), realizou na manhã desta terça-feira, 05, no Conjunto João Alves, uma ação de mapeamento do Coronavírus (Covid-19) no município. A ação faz parte de um projeto de pesquisa da instituição de ensino e tem como objetivo a realização de testes rápidos na população dos dez municípios mais populosos do estado, entre eles, Nossa Senhora do Socorro. Na oportunidade, mais de 400 testes rápidos foram realizados.

Valter Santana, Vice-Reitor da UFS comentou sobre a iniciativa do projeto científico. “Esse projeto foi criado para auxiliar os gestores do estado no mapeamento e na contenção dessa crise de saúde. Então, através dos nossos professores, alunos e servidores dedicados, estamos realizando esta ação”, declarou.

O Prefeito Padre Inaldo enalteceu a parceria com a UFS com o município no combate ao Covid-19. “Esse projeto e vital para que possamos perceber como está a disseminação do Coronavírus no nosso município. Este é um trabalho de grande eficácia, onde vemos a preocupação e a procura da população pelo teste. Todos precisam se cuidar cada vez mais e o isolamento social ainda é a melhor opção para manter a população segura. Somos gratos a UFS, afinal sabemos que a realização dos testes traz um pouco de alívio para os socorrenses”, declarou.

Maxsom Oliveira, coordenador do projeto destacou como o envolvimento da Prefeitura fez toda diferença durante a ação. “O objetivo do nosso projeto é conseguir fazer um mapeamento dos casos do novo Coronavírus no nosso estado, e através da parceria com a Prefeitura de Socorro, temos uma maior logística de organização para que os testes sejam realizados, levando em conta que Socorro é a segunda cidade mais populosa do estado de Sergipe”, declarou.

A moradora do município, Gleide Celma, participou da pesquisa é falou sobre a importância disso para a população. “Essa é uma ótima iniciativa, porque vemos que é um modo de prevenção para todos nós, assim como o uso constante de máscara e álcool gel também”, declarou.

Por: Janaína Costa

Prefeito Padre Inaldo assina convênio para melhorias em vias do Povoado Tabocas

Na manhã desta quinta-feira, 30, o prefeito Padre Inaldo assinou um convênio com a empresa Fm Mix para realização de serviços de melhoria em ruas do Povoado Tabocas. A obra reafirma o compromisso da Gestão Municipal, que mesmo em momentos de crise, leva serviços para todas as partes, proporcionando maior qualidade de vida aos cidadãos socorrenses.

A parceria trará benefícios para a pavimentação asfáltica em cerca um quilômetro e meio, que ao final da obra, levará melhores condições de acesso ao povoado. A Prefeitura irá realizar a pavimentação da Rua Esmeraldo da Silva Santos. Já a empresa Fm Mix, ficará responsável em realizar o serviço na rua Gabriel Alves da Paixão.

O prefeito Padre Inaldo falou sobre a importância da obra para os moradores. “Essa assinatura é um momento de muita alegria, porque esse será um benefício importante para a comunidade da Tabocas com todo o anel viário recapeado. Esse era um grande sonho e nós vamos conseguir realizar”, disse.

O secretário de Planejamento, Hallison de Sousa, relatou a importância da parceria. “Essa é uma parceria importante, porque vai viabilizar a pavimentação do anel viário daquele povoado, levando benefício para a população”, disse.

O encarregado de transportes da FM Mix, Romário Sacramento, explica que a obra levará outras oportunidades para os moradores. “Essa será uma obra que trará inúmeros benefícios. Em breve serão instaladas indústrias, criando oportunidades de empregos e proporcionando melhor qualidade de vida para aquela população”, relata.

Estiveram presentes na reunião, o secretário de Planejamento, Hallison de Sousa, de Infraestrutura, Francisco Nascimento, o ex-prefeito Tonho da Caixa, o vereador Elmo Paixão e o encarregado de transportes da FM Mix, Romário Sacramento.

Prefeitura de Socorro intensifica o combate à Dengue durante a Pandemia

Mesmo durante a Pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) a preocupação no combate à Dengue não pode ser esquecida, por isso, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) tem intensificado os trabalhos de controle do Aedes Aegypti, por meio das equipes de agentes de endemias do município.

Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, as vistas domiciliares dos agentes de endemias acontecem apenas nas áreas externas das residências, que contam também com o uso de inseticida em bombas costais, usadas em pontos estratégicos para eliminar os focos de reprodução do mosquito.

A coornadora da Vigilância Epidemiológica, Taciana Albuquerque, ressalta a necessidade de uma colaboração de cada morador. “Os agentes estão nas ruas dia sim e dia não para dar continuidade ao trabalho de combate à Dengue e precisamos do apoio da população com os cuidados em suas residências. A preocupação com o Coronavírus não pode deixar de lado os cuidados com o Aedes Aegypti, afinal sabemos quantas vidas já perdemos em decorrência da Dengue, Zika e Chikungunya”, pontua a coordenadora.

Já que a recomendação é ficar em casa, a indicação é tirar um tempo do seu dia para verificar os pontos de acúmulo de água em sua casa, manter limpas as calhas e caixas d’água, vasos de planta, seu quintal e área de serviço.

Acessibilidade