Candidatos que participaram do Movimento Empregue-Se começam a ser convocados para entrevistas de emprego

Os frutos semeados pelos cidadãos durante o Movimento Empregue-Se de Socorro já começam a ser colhidos. Os participantes já começaram a ser selecionados para participar da etapa final dos processos seletivos iniciados durante a ação promovida pela Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Trabalho (Semtrab).

Os setores que mais selecionaram foram o comércio, a indústria  e o de serviços com oportunidades para os cargos de Auxiliar de Produção, Ajudante, Motorista, Operador de Telemarketing, Operador de caixa, Auxiliar de cozinha, Assistente Administrativo, Vendedor, Atendente, Técnica em enfermagem, Serviços gerais e Assistente de vendas.

Mas o trabalho não para por aí, pois durante toda a semana a Semtrab continuará promovendo a seleção dos cidadãos que participaram do evento e recebendo os encaminhamentos para as empresas parceiras  do município. A expectativa da Semtrab é intensificar as contratações no mês de setembro, garantindo oportunidades de trabalho para os participantes do movimento Empregue-Se.

Prefeitura e Conselho da Pessoa com Deficiência lançam “Projeto Calçada Livre” em Socorro

Ação busca promover a acessibilidade e facilitar a locomoção dos cidadãos em todo município

Na manhã desta terça-feira, 21, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas) e do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Socorro, iniciou o “Projeto Calçada Livre”. O objetivo da campanha é conscientizar a sociedade e comerciantes do município sobre a importância da desobstrução das calçadas, regularização e organização do comércio, bem como auxiliar na organização dos vendedores ambulantes em local adequado.

A atividade realizada nesta manhã envolveu membros do conselho, pessoas com deficiência e atendidos pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município, que fizeram uma caminhada com saída da Tenda Cultural, percorrendo por toda a avenida principal do Conjunto João Alves Filho, notificando de forma simbólica veículos estacionados nas calçadas.

De acordo com o presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência, Samuel Fernandes, o projeto tem como objetivo principal proporcionar acessibilidade aos portadores de deficiência. “Estamos tentando tornar Socorro uma cidade acessível e um ponto que nos preocupa é em relação ao comércio, pois os usuários necessitam se tornar clientes de um determinado ponto comercial e são impedidos por não ter o devido acesso ao local. Estamos conscientizando de forma pacífica sobre como tornar as calçadas livres, a fim de educar a sociedade e chamar a atenção deles para essas questões”, disse Samuel.

A pedagoga da Apae, Dinha Barreto, falou sobre a importância do projeto. “Ele é de grande importância, porque a comunidade de pessoas com deficiência ainda está de certa forma invisível para a sociedade. Todos os cidadãos precisam ter os seus direitos garantidos, para proporcionar uma vida mais digna e saudável para estas pessoas”, conta Dinha.

O senhor Damião Sousa, um dos que estiveram presentes na caminhada, disse que o projeto serve como um alerta sobre os direitos dos portadores de deficiência. “Esse projeto é muito bom para mostrar para as pessoas sobre as dificuldades que nós temos para nos locomover diariamente. Essa campanha mostra que qualquer pessoa pode se tornar um deficiente e faz com que essas pessoas se coloquem em nosso lugar e vejam que não é fácil”, disse Damião.

Por Wallison Oliveira

Fotos Edilson Menezes

Prefeitura realiza a retirada de quase 40 toneladas de lixo em mangue do Povoado Calumbi

Ação foi realizada com o intuito de promover melhorias efetivas à produção de mariscos na região, bem como garantir a preservação do meio ambiente

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra), finalizou nesta terça-feira, 21, a limpeza das áreas de mangue do Povoado Calumbi. Durante um mês as equipes de limpeza da Torre estiveram na comunidade recolhendo resíduos descartados irregularmente nos rios que banham o município, gerando um total  de 39 toneladas de lixo.

De acordo com a fiscal do meio ambiente da Semma, Luana Andrade, a população precisa se conscientizar sobre a importância do descarte regular do lixo. “Esses resíduos são descartados por moradores de bairros próximos e acabam poluindo os nossos mangues e consequentemente causando a mortandade de peixes e crustáceos. Esses resíduos levam anos para se decompor e o meio ambiente sofre com a presença desse material que não deveria estar ali. Realizamos a retirada desses dejetos, mas a população precisa se conscientizar e não voltar a jogar lixo nesses locais, pois eles são os maiores prejudicados com essa ação”, alerta Luana.

O fiscal da equipe de limpeza, Marcelo Laurindo, falou sobre como foi realizado o trabalho. “Durante esse mês realizamos ações intensas na comunidade, de limpeza e também de conscientização. Aqui encontramos diversos tipos de resíduos como isopor, garrafas pet, televisão, sofá, entre outros tipos de lixo, e agora queremos mostrar para a população o resultado do esforço, mostrando a eles como é vital a participação deles na preservação do meio ambiente. A poluição dos rios e mares prejudica muito a vida, pois é desses locais que vários cidadãos retiram o seu sustento e o da sua família. Não podemos permitir que isso continue acontecendo”, disse Marcelo.

O secretário interino do Meio Ambiente, Hallison Sousa, fez uma visita à comunidade para verificar a realização do serviço e averiguar o resultado de foram realizadas as limpezas, e falou sobre o trabalho. “Esse trabalho é de grande relevância para o município, porque a questão ambiental deve sensibilizar todos e a gestão do Prefeito Padre Inaldo está sensível às questões ambientais. Com esse trabalho estamos demonstrando na prática o compromisso da gestão com a preservação e recuperação de áreas degradadas”, relata Hallison.

O secretário ainda falou que a limpeza também é importante para a economia da região. “Podemos ver sintomas de reaparecimento de crustáceos e o mangue ressurgindo, com a realização da limpeza. Essa é uma ação pontual e importante, pois demonstra o compromisso da gestão do Prefeito Padre Inaldo em proteger o meio ambiente, educando as pessoas pela necessidade de defesa do meio ambiente”, completa Hallison.

Exposição folclórica conta lendas e histórias de personagens brasileiros

A estimativa é de que 3 mil pessoas visitem a mostra que está disponível na Praça da Cultura, no conjunto Marcos Freire I, nos dias 20, 21 e 22, das 09h às 20h

Saci-Pererê, bicho papão, cacumbi, boitatá, lendas da Iara, Curupira e Cuca são alguns dos personagens que compõem a rica história cultural do Brasil. Foi dentro da perspectiva de resgatar a memória folclórica dos socorrenses que a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Cultura (Semcult), iniciou na manhã desta segunda-feira, 20, uma exposição sobre o folclore brasileiro, onde cerca de 24 personagens tiveram suas histórias expostas para a população.

No primeiro dia diversos alunos da rede municipal de ensino estiveram conferindo a programação preparada pela Prefeitura, que também contou com a realização de brincadeiras de rua. “Os meninos puderam visualizar coisas mais concretas do nosso folclore porque em sala de aula nós falamos, mostramos imagens, mas com os bonecos eles puderam ter outra percepção. No momento que entramos no espaço eles ficaram muito curiosos, leram bastante, o difícil mesmo foi controlar as mãos porque queriam tocar em tudo e precisamos ter cuidado para não danificar e permitir que outras pessoas possam conhecer”, disse a professora da Escola Municipal Agda Fontes Ferreira, Suely Melo.

A mostra, que acontece na Praça Cultura, segue até quarta-feira, 22, das 09 às 20h, e de acordo com a coordenadora da Praça da Cultura, Joana Bertoldo, são esperadas mais de 3 mil pessoas durante os três dias. “Nós criamos esse projeto justamente para valorizar o folclore brasileiro e resgatar a cultura do nosso país em comemoração ao dia nacional do folclore. É um momento de agregar conhecimento porque muitos sabem a figura, por exemplo, do boitatá, mas não conhece a história”, esclareceu a coordenadora.

Uma grande particularidade da primeira exposição folclórica realizada na Praça da Cultura foi a confecção artesanal dos bonecos pelo funcionário da Semcult, Adelson Santos, que utilizou material reciclado na construção dos personagens. “A inspiração para a criação dos bonecos veio da minha mãe e há muitos anos eu queria realizar esse sonho, como forma de homenageá-la e de ter esse trabalho cultural sendo prestigiado, contribuindo diretamente para a população”, disse.

Para a coordenadora pedagógica da Apae Socorro, Ilzane Viana, a exposição, além de agregar conhecimento, também é uma forma de inclusão social. “Nós acreditamos muito nesse projeto porque é uma forma de inclusão social que vai contribuir diretamente no desenvolvimento dos meninos e essa exposição irá fazer com que eles entendam de uma melhor forma o que é o folclore e a história dos personagens”, contou.

Devidamente caracterizada, Maria Eduarda não escondeu sua paixão pela tão conhecida boneca de pano. “Eu conheci muitos personagens que nunca tinha ouvido falar e também aproveitei para brincar com as minhas amigas. Vim de Emília porque, além de ser bonita, gosto muito dela”, contou Eduarda.

As comemorações ao Dia Nacional do Folclore serão encerradas na quinta-feira, 23, com o projeto “Um piano pela estrada” do consagrado pianista Arthur Moreira Lima que traz música clássica para os socorrenses. O concerto será realizado no estacionamento do Shopping Prêmio a partir das 19h.

Por: Bruna Evelyn

Fotos: Edilson Menezes

Prefeitura realiza grande final do Campeonato Socorrense de Futebol Amador

Na manhã deste domingo,19, o Estádio Wellington Elias, principal praça esportiva do município, foi tomada pela energia dos amantes do futebol, que prestigiaram a realização da grande final do Campeonato Socorrense de Futebol Amador. A competição foi realizada pela Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer, Turismo e Juventude (Semeltju), que durante quase seis meses de competição, reuniu 54 equipes.

 

 

 

 

Os times Jamaica, do Marcos Freire II e Bahia, do Mutirão do Conjunto João Alves, disputaram o título e dentro de campo os jogadores buscaram a vitória durante cada minuto do jogo, empolgando os torcedores, que lotaram o “Lelezão” para prestigiar a disputa. O time do Jamaica aproveitou melhor as oportunidades e sagrou-se campeão da disputa, vencendo a equipe do Bahia pelo placar de 2×0.

O secretário de Esporte, Lazer, Turismo e Juventude (Semeltju), Francisco Carlos, falou sobre o sentimento de realizar o campeonato. “Hoje o nosso sentimento é de felicidade e gratidão ao Prefeito Padre Inaldo, que desde o início acreditou na nossa ideia e não mediu esforços para ver isso tudo acontecer. Essa competição devolveu a alegria dos praticantes do esporte amador do município e nós vamos dar continuidade a essas iniciativas que tanto alegram a população”, agradece Chicão.

Em 2018, o campeonato foi sucesso e de acordo com o secretário, a equipe de Semeltju, já começa a pensar na competição do próximo ano. “Já temos um planejamento para ampliar a competição, aumentando o número de equipes participantes e fazer um campeonato ainda melhor, valorizando o esporte e os atletas”, revela Chicão.

O vice prefeito, Roberto Wagner (Betinho), esteve prestigiando a final e falou sobre a importância do apoio da prefeitura ao esporte amador. ” É muito importante a Prefeitura manter esse campeonato, pois não acontecia a um bom tempo, e agora está voltando com muito sucesso e organização, e é bastante importante apoiar a prática esportiva no município”, disse Betinho.

O treinador da equipe campeã, Jamaica, Valquer Alexandre, agradeceu pelo resgate do futebol amador do município. “Após três longos anos, a Prefeitura de Socorro, nos deu o prazer de retomar essa competição tão tradicional do nosso município, e nós que fazemos o esporte amador, agradecemos ao Prefeito por trazer de volta a nossa grande alegria”, enfatiza Valquer.

Prefeitura realiza audiência pública e apresenta proposta da Lei Orçamentária Anual 2019 à população

Planejar, gerir e investir são ferramentas vitais para realizar uma gestão de sucesso e assim tem acontecido na gestão do prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo. Foi dentro dessa perspectiva que na manhã desta sexta-feira, 17, a Prefeitura, através das secretarias de Planejamento (Seplan), Fazenda (Semfaz) e Controle Interno, realizou uma audiência pública para apresentar e discutir a Lei Orçamentária Anual 2019.

A solenidade ocorreu no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), localizado no conjunto Marcos Freire I, e reuniu, dentre autoridades, representantes de sindicatos e cidadãos que puderam conhecer a real situação do município. “Sou grande incentivador da participação popular e vejo como fundamental a importância da participação da população nessa audiência, onde nós elencamos as principais prioridades de cada comunidade, seja uma obra, construções de escola, posto de saúde ou melhorias no transporte coletivo”, disse o representante da Associação de Desenvolvimento Comunitário do conjunto Albano Franco e Adjacências (ADECCAFA), Roberto Messias.

Na oportunidade foram discutidas a pretensão de arrecadação do município, quais direcionamentos e investimentos da Prefeitura para o ano de 2019. “A Lei orçamentária rege todo o gasto do município e a partir da elaboração dessa peça é que nós iremos definir o que é prioridade e quais ações serão adotadas e sempre, como é marca da gestão de Padre Inaldo, tratar a coisa pública com lisura e atender, principalmente, aqueles que mais necessitam”, esclareceu o secretário de Planejamento, Halisson Sousa.

Ainda de acordo com o secretário, as proposituras serão encaminhadas à Câmara de Vereadores e votadas até o final do ano. “Nós apresentamos proposta da Lei Orçamentária à comunidade e ela posteriormente será encaminhada para a Câmara e deve ser votada até o final do ano. A participação da população é importante para que eles possam interferir não apenas no processo de elaboração, mas de tramitação junto ao poder legislativo”, acrescentou.

Representado o poder legislativo do município, o vereador Aldon Oliveira, falou sobre a papel da Câmara. “Atendendo o princípio da publicidade essa gestão está inovando ao trazer essas audiências para melhor explicar a população como serão usados os recursos do município e a nossa participação também é importante porque uma das nossas funções é fiscalizar as ações do executivo. Portanto, estamos aqui para apoiar, participar e opinar na elaboração e execução da lei orçamentária”, disse o vereador.

Já para a secretária da Fazenda, Iraci Lima, a audiência pública é “Nada mais do que a exigência das leis para que a gente tenha todo o público participando dos nossos projetos e nos dar conhecimento das reais necessidades, de fato, de toda a localidade. Não há administração sem planejamento, por isso estamos trabalhando para aumentar a receita e arrecadar recursos para o município”, destaca.

Presenças

Compareceram à audiência os secretários Halisson Sousa, Enock Ribeiro, David Lopes, o vereador Aldon oliveira e representantes de várias secretarias municipais.

Por: Bruna Evelyn

Fotos: Wallison Oliveira

Idosos participam de atividade em comemoração ao Dia do Folclore

Na manhã desta quinta-feira, 16, um grupo de idosos integrantes do Centro de Referência da Assistência Social (Cras), Rogalício Vieira, localizado no Conjunto Parque dos Faróis, realizaram uma apresentação de Samba de Coco. A atividade, realizada em um shopping do município, faz parte das ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas), e tem como objetivo celebrar com os idosos a semana do folclore.

O arte educador da Smas, Tonhão, falou sobre a ideia do trabalho. “Por fazermos parte de um projeto social da Prefeitura, resolvemos criar a semana da cultura folclórica aqui no shopping, onde a cada semana trazemos uma atração para se apresentar aqui, fazendo um trabalho de socialização com os idosos”, explica.

A apresentação desta manhã foi a forma encontrada pela Smas para expandir as ações culturais da Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, como conta a coordenadora da Tenda Cultural, Ana Paula. “Essa atividade é fruto de uma parceria entre a secretaria de Assistência e o shopping. Toda semana, realizamos trabalhos culturais na tenda, e na manhã de hoje, resolvemos fazer uma coisa diferenciada aqui para que eles mostrem a outros públicos o trabalho que é desenvolvido por eles, valorizando o seu esforço em ensaiar e manter viva as tradições”, conta Ana Paula.

Uma das senhoras que participou da apresentação foi Josefa Zacarias, que destacou a importância do grupo. “Me sinto muito bem em fazer parte desse grupo e acho muito lindo esse trabalho que realizamos, pois é uma diversão para a gente andar e sempre ver os amigos. Me sinto muito bem com isso e estou muito feliz em ver o nosso esforço valorizado e sendo visto por outras pessoas, pois ensaiamos muito”, comemora dona Josefa.

 

Por Wallison Oliveira

Fotos Edilson Menezes

Integrantes da GMS realizam mais uma palestra educativa em escola do município

Na última terça-feira, 14, integrantes da Guarda Municipal de Nossa Senhora do Socorro (GMS), ministraram mais uma palestra educativa, com o tema: “A importância da educação e dos saberes para solucionar os índices de violência na sociedade”.

Retomando o ciclo de palestras, o grupamento Rondesc (Ronda Escolar), está dando segmento ao cronograma definido após estudos e visitas dos GMs nas Escolas do município. Na oportunidade a palestra foi realizada na Escola Municipal Diva Maria, que fica localizada no Conjunto Fernando Collor.

“A ação foi muito proveitosa e gratificante, pois dividir o conhecimento com os alunos e toda comunidade escolar, mostra a importância da educação na vida de cada um. Aproximar a nossa Instituição da comunidade é fantástico”, afirmou a GM Marta, palestrante da noite.

Neste segundo semestre a Rondesc continuará desenvolvendo este trabalho educativo em outras escolas do município, em diversos bairros e conjuntos da cidade.

Fonte: Ascom GMS

Atleta socorrense busca patrocínio para representar o país em Torneio Internacional de Ginástica Rítmica

Com apenas 11 anos de idade a atleta socorrense, Ingrid Santos, coleciona um quadro de 19 medalhas e um troféu. A trajetória da moradora do conjunto Piabeta chama atenção pelo pouco espaço de tempo em que a jovem se destacou em concursos estadual e nacional, nos últimos três anos.

Ingrid começou a participar de competições aos nove anos e sua primeira medalha foi no Festival e Copa Arqui de Ginástica Rítmica 2015, e dentre suas conquistas destacam-se o vice-campeonato dos jogos escolares 2016 da TV Sergipe, o 1° lugar no Campeonato Sergipano de Ginástica Rítmica, Prof. Ana Angélica 2016, além do 4º no Campeonato Brasileiro de Ginástica Rítmica, conquistado no mês de julho deste ano.

Recentemente, a jovem, juntamente com outras atletas do Clube Jardins Iracema Alves, foi convidada para participar da Copa Alemanha de Ginástica Rítmica que acontece entre os dias 10 a 15 de outubro no Chile, porém a atleta busca patrocínio para custear a viagem. “Estou com grande expectativa para ir ao Chile, mas infelizmente minha família não tem dinheiro suficiente, então estamos procurando patrocinadores. Se eles não conseguirem não terei como ir. Outras competidoras daqui do Brasil já confirmaram a ida, só falta eu”, disse a atleta.

Tendo como técnica, a professora Iracema Alves, Ingrid realiza um treino de em média seis horas por dia para apresentar uma série com todos os aparelhos em um tempo de um minuto e meio. De acordo com a mãe da jovem, Sheila Graziela, apesar de pouca idade, Ingrid já sabe o que quer do futuro. “Ela estudava em uma instituição de ensino daqui de Socorro, sempre gostou de assistir as ginastas, se interessou, fez um teste, passou e desde então não parou mais. Foi tudo bem rápido. Claro que estamos felizes com essa conquista, mas temos enfrentados grandes problemas porque não temos como mantê-la sem patrocínio para que ela continue a sonhar e representar o município em competições”, revelou Sheila.

Para saber como contribuir basta entrar em contato com os pais de Ingrid pelos números: (79) 9 9910-4870 (Sheila) ou (79) 9 9974-4200 (Luiz).

Por: Bruna Evelyn

Fotos: Edilson Menezes

Alunos do Colégio Diva Maria Correa participam de palestra sobre horta vertical

Na manhã desta terça-feira,14, alunos do Colégio Municipal  Diva Maria Correa, localizado no Conjunto Fernando Collor, receberam a equipe ambiental do município que ministrou para os estudantes uma palestra sobre horta vertical. A ação, que é realizada através de uma parceria entre as Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), Secretaria Municipal de Agricultura, Irrigação e Pesca (Smap) e Secretaria Municipal de Educação (Semed), tem como principal objetivo levar conhecimento aos estudantes sobre a preservação do meio ambiente.

O Secretário Interino de Meio Ambiente, Hallison Sousa, falou sobre a importância de levar esse tipo de informação para as crianças. “A ideia é expandir a necessidade de proteção do meio ambiente para as novas gerações, e agora estamos com o objetivo de levar às escolas os jardins verticais, e assim os estudantes podem aprender um novo método de plantio, dando uma nova cara aos colégios a partir do plantio de árvores e plantas, além de conscientizar essas crianças sobre os cuidados com o meio ambiente”, conta Hallison.

O técnico agrícola da Smap, Janisson Alves, explicou sobre a palestra. “A parte da secretaria de agricultura é falar sobre a parte de insumos, o fornecimento da terra preta, levando para as comunidades sobre a conservação do meio ambiente. Estamos trazendo para essas crianças conhecimentos sobre a agricultura urbana, trazendo alternativas sobre o cultivo de hortaliças, jardins e hortas verticais, despertando a consciência ambiental nessas crianças”, explica Janisson.

A visita da equipe ambiental foi bem vista por todos da escola e a diretora da unidade de ensino, Denise Moraes, falou sobre o sentimento de receber os representantes da Semma. “Realizar ações como estas na escola é um desejo antigo nosso e temos certeza que esse será o primeiro de muitos projetos que teremos aqui, pois queremos despertar nos nossos alunos essa consciência sobre a preservação do meio ambiente, afinal são eles que irão levar essas informações para as futuras gerações”, disse Denise.

Acessibilidade