A Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) realizou na manhã desta quinta-feira, 29, mais uma eleição no sentido de garantir políticas públicas para diversos públicos. Desta vez, o pleito foi realizado para a escolha dos 16 novos representantes para composição do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDPD). A ação foi realizada na Casa dos Conselhos, no Marcos Freire I.

Sem concorrentes, Samuel Fernandes foi aclamado para permanecer à frente do Conselho no período de 2018//2010 e para a vice-presidência foi eleita Ana Maria. Feliz, o presidente falou do planejamento para os próximos dois anos. “Nós iremos, de fato, aperfeiçoar a política pública dentro do município, embora não saibamos o que vem por aí no cenário nacional, mas continuaremos lutando e elencando novas ações em favor das pessoas com deficiência”, garantiu.

Dos 16 representantes eleitos, oito foram preenchidas por entidades, empregadores com deficiência e trabalhadores da política da pessoa com deficiência. Já as oito outras vagas foram destinadas a um representante de cada secretaria de Socorro, que juntos devem cumprir o que está prescrito no estatuto e no regimento da pessoa com deficiência, garantindo o acesso à educação, ao mercado de trabalho, além de oferecer toda assistência necessária desses cidadãos.

“Desde o início da gestão de Padre Inaldo vemos intensificando de forma mais eficaz e eficiente as ações, inclusive tendo mais apoio e humanismo às causas da pessoa com deficiência, o que antes não tinha. Falava muito em política pública, mas, de fato e evidente, foi a partir de 2017 que realmente o Conselho e as ações voltadas para esse público ganharam força’, acrescentou o presidente.

Para a pasta da saúde o Conselheiro João Paulo garantiu acessibilidade aos serviços prestados pela Prefeitura. “Enquanto representante da pessoa com deficiência da área da Saúde iremos manter de forma constante o diálogo e entender a necessidade desse público. A Secretaria de Saúde vem tentando suprir a necessidade dele, além de atender toda uma demanda solicitada por eles mesmo, desde um acompanhamento mais próximo à medicamentos e atendimento com especialistas”, declarou.

Quem também fez questão de acompanhar o pleito e parabenizar a permanência do presidente foi o representante da Fraternidade Cristã da Pessoa com Deficiência, José Renato Machado. “Tenho acompanhado a conduta de Samuel e tenho gostado. Se ele proceder da forma que vem se posicionando e lutando pela causa, teremos mais um período satisfatório”, disse.

Por: Bruna Evelyn

Fotos: Edilson Menezes

Acessibilidade