Mais de 320 pessoas participaram da capacitação e 130 acadêmicos se envolveram na iniciativa

A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, por meio das ações implementadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), busca cada vez mais promover melhorias na prestação dos serviços educacionais. Com este objetivo, a parceria com o Curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes (Unit), no período de 10 de setembro a 18 de novembro, realizou a formação em Primeiros Socorros e participaram da iniciativa mais de 320 pessoas.

Foram beneficiadas com a parceria 15 unidades de ensino. A coordenadora de Estágio do Curso de Enfermagem da Unit, professora Mariana Mendonça, explica que o Projeto de Extensão Enfermagem Unit nas Escolas tem como propósito capacitar profissionais das escolas no atendimento em Primeiros Socorros. De acordo com ela, essa parceria gerou resultados exitosos, pois mais de 320 pessoas foram capacitadas e 130 acadêmicos participaram da ação.

“A Semed e a Unit compreenderam a importância de capacitar as pessoas que trabalham com crianças e adolescentes. A ação contou com o envolvimento dos alunos do 9° período e os estudantes reconheceram o quanto uma ação como esta é enriquecedora”, apontou a professora.

As formações contaram com explanações orais e simulações realísticas, com vistas ao enfrentamento de agravos à saúde que podem comprometer o pleno desenvolvimento de crianças e adolescentes. “A iniciativa tem como tem como objetivo preparar os profissionais para prestar a primeira assistência a uma vítima de acidente ou doença súbita antes da chegada de uma equipe especializada, para que dessa maneira, possa preservar a vida, evitar o agravamento do estado da vítima ou até mesmo promover o seu restabelecimento”, complementou Mariana.

De acordo com coordenadora do Departamento de Fortalecimento de Gestão Escolar, Neide Nascimento, os operadores, técnicos e professores que participaram do curso elogiaram a iniciativa. “Foi uma ação exitosa que atende o que é determinado por Lei”, afirmou.

Lei Lucas

Sancionada em 2018, a lei nº 13.722/2018, conhecida como lei Lucas, determina que instituições públicas e privadas da educação básica capacitem professores e funcionários para prestar primeiros socorros, quando necessário, em seu corpo discente. A proposta foi criada para homenagear o estudante Lucas Begalli Zamora, de 10 anos, que em 2017 faleceu após engasgar durante um passeio promovido pela escola.

Para a professora da Escola Municipal Diva Maria Correa, Maria José. “Aprendi muito neste curso, os alunos da Unit ótimos. Esse treinamento prepara para a realidade no espaço escolar”, disse.

O acadêmico do 9° período do curso de Enfermagem da Unit, Tailson Góis, afirmou que foi momento de ampliar os conhecimentos. “Quando falamos de projeto de Extensão existe interação com a comunidade. O que aprendemos no universo acadêmico levamos para as comunidades e também aprendemos”, finalizou.

Por Lívia Lessa

Confira mais fotos:

Acessibilidade