Com o objetivo de imunizar uma maior quantidade de  cidadãos contra a gripe, a Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), está disponibilizando pontos estratégicos para que as pessoas possam se prevenir contra o vírus.
Na manhã desta quarta-feira,15, uma equipe de  saúde esteve na Avenida Principal do conjunto João Alves, disponibilizando a vacina para os cidadãos que passavam pelo localidade e que se encaixam nos critérios.
De acordo com o Ministério da Saúde, devem ser imunizadas crianças menores de seis anos, mães de recém nascidos de até 45 dias após o parto, gestantes, trabalhadores da saúde, funcionários do sistema prisional, detentos, idosos acima de 60 anos, e professores das redes pública e privada de ensino, que foram incluídos na campanha neste ano.
Em Nossa Senhora do Socorro, a meta é imunizar 34.999 pessoas, o que corresponde a 95% do grupo de risco, e de acordo com a apoiadora institucional da SMS, Aparecida Gambarra, os pontos de vacinação são mais uma estratégia para que o município alcance a meta. “Elaboramos esse plano de ação sabendo das dificuldades que muitas pessoas encontram em ir até um posto de vacinação, então resolvemos levar a vacina até as pessoas, por se tratar de locais com grande fluxo, e assim acolhemos essa população com a vacina”, disse.
Durante a ação alunos de um curso técnico de enfermagem foram até o local para serem imunizados. A enfermeira e professora do curso, Beatriz Oliveira, falou sobre a importância da iniciativa da Prefeitura. “Essa ação da Prefeitura é de grande importância, pois muitas pessoas não tem essa disponibilidade de horário de ir até um posto de saúde e ser imunizado. Os alunos estão gostando muito dessa oportunidade de se vacinar”, revela.
O senhor Franklin dos Santos, morador do Conjunto Fernando Collor, foi imunizado durante a ação. “Achei muito importante trazer o pessoal para vacinar aqui, pois assim como eu, muitas pessoas não tem tempo de ir se vacinar. Eu estava passando por aqui e aproveitei e já fui imunizado”, conta.
Acessibilidade