O prefeito Padre Inaldo participou na manhã desta quarta-feira, 05, do Fórum de Debate, promovido pelo Instituto Federal de Sergipe (IFS) entre o IFS, junto com a Associação das Indústrias de Nossa Senhora do Socorro (Assedis). Na oportunidade cerca de 20 indústrias instaladas no município participaram do debate e o principal objetivo do evento foi conhecer as demandas e capacidade das indústrias locais, a fim de estreitar o relacionamento da instituição de ensino com a cadeia produtiva da região.

Durante o debate temas como a necessidade de implementação de cursos profissionalizantes, cursos de graduação e superior, demandados pelas indústrias e necessidades do município, foram discutidas tendo em vista a capacitação dos socorrenses para ingressar no mercado de trabalho.

O prefeito padre Inaldo, salientou a importância do fator motivacional para incentivar os cidadãos a buscar mais conhecimento e qualificação. “Boa parte da população socorrense ainda sofre com problemas sociais e financeiros, devido a baixa renda e com pouca orientação familiar. Por isso temos essa preocupação de promover a qualificação profissional e parabenizamos a iniciativa do IFS de se juntar a nós nessa parceria. Diversos cursos técnicos foram sugeridos pelos membros da Assedis e isso em pouco tempo irá contemplar muitos socorrenses”, afirma o Padre Inaldo.

Agora uma comissão será criada para diagnosticar mais profundamente essas necessidades e acompanhar todo o processo de implementação dos cursos. Na oportunidade foi firmada ainda uma parceria com o IFS e a Gestão Municipal, a fim de promover a visitação dos estudantes da instituição de ensino federal e das escolas municipais às fábricas existentes no município, a exemplo da Yasaki, Serra Azul, Ferrocorte, Altenburg, Escurial, entre outras.

Durante o debate o gestor municipal esteve acompanhado dos secretários de Indústria e Comércio, Carlos Alvares, de Administração (Semad), Bruno Henrique, do Planejamento (Seplan), Hallison Sousa, de Agricultura (Smap), David Fernandes, bem como do diretor geral do IFS, José franco de Azevedo, da gerente de ensino da instituição, Claudia Cardinale, bem como de professores dos campus Socorro, São Cristóvão e Itabaiana.

Acessibilidade