A Prefeitura de Nossa Senhora do Socorro realizando a 3ª chamada para a entrega de documentação entre os sorteados e parte dos suplentes, que ainda não realizaram o procedimento, e foram sorteados para receber as unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida. A entrega dos documentos serve como comprovação das  informações apresentadas pelos cidadãos durante o cadastro.
Os contemplados nos dois conjuntos residenciais, Vila Formosa I e Cidade das Flores I, que não finalizaram o processo, foram  novamente convocados, através de contato telefônico e correspondência, e desde a última segunda-feira, 02, estão realizando a entrega da sua documentação na Praça da Cultura cantor Pedro Rogério,  localizada no Marcos Freire I. A entrega segue até a próxima sexta-feira, 06, das 8 às 16 horas, onde os sorteados e suplentes convocados devem apresentar toda a documentação necessária para concluir o processo.
O secretário de Planejamento, Hallison de Sousa, explica a importância da convocação. “Este terceiro chamamento tem como objetivo dar oportunidade para as famílias que foram sorteadas ou ficaram excedentes e que foram convocadas nos anteriores para que possam ter mais uma oportunidade de levar a documentação, afim de comprovar as informações que foram prestadas no cadastramento. Nessa etapa estamos convocando 416 pessoas e mais 720 suplentes dos dois empreendimentos para que a gente aumente o nosso banco de documentação dos sorteados”, relata.
É importante lembrar que os cidadãos sorteados e convocados nas três chamadas regulares que perderem o prazo não poderão mais finalizar o processo e perderão o direito de aquisição do seu imóvel. Uma das pessoas que realizaram a entrega foi a senhora Iraciene dos Santos. “Acho bastante gratificante  participar desse momento. Recebi a ligação e a correspondência pelos Correios e trouxe todos os documentos necessários. Estou bastante esperançosa e ansiosa para receber a minha casa. É a realização de um sonho”, revela.
A senhora Maria Cristina, que falou sobre o significado da entrega dos documentos. “Esse momento significa algo sem tamanho em minha vida, porque não tenho moradia, e ter conseguido realizar o sonho da minha casa própria é maravilhoso. A Prefeitura ter trazido a construção dessas casas para quem mais precisa é maravilhoso, isso é tudo pra gente. Estou bastante ansiosa e tenho fé em Deus que vou conseguir”, enfatiza.
Acessibilidade