Depois do recesso o serviço volta com todo gás e pronto para um ano cheio de atividades e comemorações

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) muda a vida de muitas pessoas, alguns já fazem parte a mais de cinco anos e passaram por uma verdadeira transformação, saíram da depressão, superaram seus limites e passaram a ter um novo estilo de vida. Cada um no seu ritmo com um passo de cada vez eles encontram no SCFV um apoio, uma verdadeira forma de recomeçar. Crianças, adolescentes e idosos são os grupos que são atendidos, e essa quinta-feira (23), foi realizada na Tenda Cultural uma recepção para os idosos do Cras Dr. Frankin de Oliveira Ribeiro, que fica localizado no Conjunto Parque dos Faróis.

Desde dezembro o grupo estava de recesso e essa semana eles voltaram com tudo. “Vai ter várias atividades, novidades, vamos trazer psicólogos, palestra sobre o uso de medicação sem controle, vai ter bloquinho de carnaval, aulas de informática e muita coisa”, afirmou Elisangela Moura que é assistente social e técnica do grupo de idosos.

“Quando o serviço estava de férias eu fiquei passeando, ano passado foi maravilhoso e eu espero que esse ano seja ainda melhor”, explica dona Rivalda dos Santos que já faz parte do grupo a muito tempo e diz que ele ajudou muito a melhorar quem ela é agora.

 

As atividades realizadas pelos idosos são diversas, os encontros são todas as quinta-feiras e eles sempre começam com uma oração e alongamentos. Cada um vai no seu ritmo, uns mais rápidos e outros mais devagar, mas, sempre ajudando uns aos outros. Dona Maria de Lurdes está a três anos no grupo e encontrou nele um apoio para superar uma perda, “É uma pena que o encontro é só uma vez na semana, depois que Deus levou meu esposo, o serviço me ajudou muito e eu voltei a viver”, ressaltou.

A inclusão também é trabalha no grupo já que um dos participantes é deficiente auditivo, “Tudo que diz respeito ao serviço, eu faço a tradução para os idosos com deficiência, eles são a prova viva dos benefícios que o serviço traz para a vida deles”, pontuou Edidelton Sales oficineiro do grupo.

Confira a galeria:

Acessibilidade